quinta-feira, 19 de julho de 2012

O mundo está mesmo perdido? Haverá solução para nós viventes?


Vivemos num mundo com problemas de toda espécie. O mundo de hoje está muito violento e cheio de catástrofes provocadas por desastres da natureza.
A cada dia abrimos o jornal, ligamos a TV ou acessamos a internet e nos deparamos com cenas de maldade, agressões, violência, intolerância ,injustiças e atitudes preconceituosas que levam a desfechos abomináveis.
Ficamos boquiaberos com tudo que acontece no mundo e até bem perto de nós. Vivemos num clima de insegurança e medo motivado pela onda de violência e agressividade que invade nossos dias.
As pessoas perderam o controle de suas ações, o respeito pela vida, Tornaram-se insensíveis à dor alheia.
O egoísmo e a maldade a cada dia se alastra tomando conta da humanidade. São tantos os infortúnios que por vezes desanimamos e chegamos a pensar que nada mais tem solução.
"O mundo está perdido, dizem alguns. Estamos à beira do precipício. Onde tudo isso irá parar? Que futuro podemos esperar para nossos filhos e netos?”
Haveria solução para tanto infortúnio?
A esperança é a virtude que nos ajuda a desejar e esperar dias melhores em nossa vida e para que isso aconteça é preciso a contribuição de cada um de nós.
Uma pessoa sem esperança é de antemão um derrotado. Não tem sonhos, nem ideais. Portanto também não visualiza futuro.
O pensamento positivo nos faz crer na triunfo do bem sobre o mal e faz com que conservemos o entusiasmo pela vida.
Para nós cristãos, Deus é a força que nos move.Usamos de nossa  fé e confiança em Deus e obediente aos ensinamentos Bíblicos não perdemos nunca a esperança, refletimos e vamos em busca de soluções.
Contra os desastres naturais, pouco ou nada podemos fazer. Mas os problemas humanos podem ser superados se houver vontade consistente para agir.
Haja visto o grande número de pessoas engajadas em causas sociais sejam elas governamentais ou não.
Na verdade as Palavras de Cristo tem grande poder transformador na vida das pessoas desde que colocadas em prática.
Todo ser humamo tem um desejo comum: a felicidade. Desconheço quem não busque a felicidade, seja ele rico ou pobre, instruído ou não. Mas muitos, por vias erradas, buscam a felicidade onde ela não se encontra. Procuram atalhos que trazem consquências irreversíveis para si e toda sociedade.
A prática das virtudes humanas também vai nos levar ao encontro da tal felicidade. O homem nasceu para fazer o bem , cultivar e praticar as virtudes que nos levam a gestos de bondade e solidariedade.
Tolerância , paciência, capacidade de perdoar, compaixão, honestidade, responsabilidade são virtudes humanas que nos levam a conviver bem com as outras pessoas, seja na família ou sociedade.
O agir preocupando-se com o bem estar do outro acarreta nossa própria transformação e independe de segmento religioso, cristão ou não. Depende sim de nossa consciência e responsabilidade em levar com comprometimento sério a missão a que viemos.

Um comentário:

  1. Edite, a celeridade faz com que um fato encubra o outro e tão rápido quanto se troca de notícia, nossos sentimentos também mudam. Choramos com a dor de um, ficamos irados com a violência de outro, sorrimos com o sucesso de alguém, enraivecemos com as maracutaias políticas, mas, ao final do dia, mal nos lembramos do que aconteceu...

    E também acho que a busca da felicidade é comum a todos os seres do planeta; a diferença é que os inteligentes a veem nas pequenas coisas e sentem-se felizes sempre; outros, passam por cima de coisas importantes buscando algo que nem eles mesmos sabem o que é, deperdiçando tempo e alegrias...

    ResponderExcluir