sábado, 22 de dezembro de 2012

Paradoxos da vida



Sentada na sala de espera do hospital as ideias se misturam. Pensamentos se confundem num emaranhado enigmático.
Estou acompanhando um paciente com estenose da carótida direita. Está sendo submetido a uma angioplastia com introdução de stent . Uma prática cirúrgica que diminui consideravelmente o risco do paciente vir a ter um AVC, o que estava constituindo um risco iminente.
Angioplastia com introdução de stent, um procedimento cirúrgico mais recente e menos invasivo que a cirurgia aberta, dizem os médicos, mas que não deixa de ter sua porcentagem de risco.
Claro que estou ansiosa e minha vontade é que o tempo corresse mais rápido e que num piscar de olhos tudo estivesse resolvido e todo o stress passado nestas duas últimas semanas à espera em clínicas médicas, seja para consultas ou realização de uma bateria de exames, não passasse de um pesadelo . Enfim , eu teria acordado e me encontraria tranquila e segura em minha casa.
A princípio me atrapalhei um pouco com o excesso de tarefas e a dificuldade em conciliar tudo com a corrida aos médicos. Mas na impossibilidade de não ter controle da situação, pois na vida há situações que são inevitáveis e fogem ao nosso controle, a melhor maneira foi procurar buscar o equilíbrio e estabelecer uma prioridade. Numa situação assim de “risco”,como dizem os médicos , precisamos nos mostrar tranquilos e confiantes para passar essa energia positiva ao paciente.
Era preciso me mostrar tranquila e confiante independentemente de estar vivendo esta situação de instabilidade e incerteza.
Minha filha veio e meu genro, que também é cardiologista, irá acompanhar o procedimento cirúrgico. Sua presença aqui, nos apoiando contribui imensamente para nos tranquilizar um pouco mais, embora minha filha tenha ficado excessivamente preocupada a princípio. Coube a mim a tarefa de, mesmo estando também insegura, passar-lhe a tranquilidade neste momento difícil.
Foi difícil convencê-la que na vida existem situações que estão fora de nossa alçada e que não podemos mudar , transformar ou melhorar por maior que sejam nossos esforços.
Se o fato está aquem de nossas expectativas, procuramos relaxar, respiramos fundo e aguardamos que o resultado seja positivo, ou seja, que o procedimento cirúrgico seja bem sucedido.
No terceiro mês de gestação e passando pelos desconfortos “normais “ de todo princípio de gravidez, fica claro o porque de sua ansiedade e preocupação aumentados. Mas este é um momento delicado para todos e que exige calma e confiança.
Esses são os paradóxos da vida. Dois extremos que se defrontam. Por um lado, uma vida que se forma e predestinada a tantos desafios, realizações, sucessos ou fracassos impossíveis de se imaginar.
Por outro lado, uma existência já tão vivida e marcada por tantas experiências!
Experiências reveladas no rosto cansado , já marcado pelas rugas e nos incontáveis cabelos brancos. Mas que esperamos que esteja conosco por muito tempo para ter o prazer da convivência com seu quarto netinho, participando de seu desenvolvimento, rindo, brincando, ensinando... e também aprendendo...
Feliz Natal a todos!
22/12/12 08:12:47


5 comentários:

  1. .(⁀‵⁀,) ✫✫✫.♥
    Vim deixar meu abraço, meu carinho
    para desejar a você e toda família
    o melhor Natal ,que ele seja perfeito
    Bjuss e felicidades sempre
    Alegria na sua vida
    Rita!!!
    .(⁀‵⁀,) ✫✫✫.♥

    ResponderExcluir
  2. .(⁀‵⁀,) ✫✫✫.♥
    Vim deixar meu abraço, meu carinho
    para desejar a você e toda família
    o melhor Natal ,que ele seja perfeito
    Bjuss e felicidades sempre
    Alegria na sua vida
    Rita!!!
    .(⁀‵⁀,) ✫✫✫.♥

    ResponderExcluir
  3. .(⁀‵⁀,) ✫✫✫.♥
    Vim deixar meu abraço, meu carinho
    para desejar a você e toda família
    o melhor Natal ,que ele seja perfeito
    Bjuss e felicidades sempre
    Alegria na sua vida
    Rita!!!
    .(⁀‵⁀,) ✫✫✫.♥

    ResponderExcluir
  4. Ensinando... e também aprendendo, assim estava você que, nervosa e preocupada, teve discernimento para acalmar as pessoas...

    ResponderExcluir
  5. Em meio a tanta ansiedade e preocupação, alguem tem que manter a cabeça no lugar. "Primeiro espere acontecer, para depois reagir na dor ou na alegria..."
    é assim que tem que ser. Abcs

    ResponderExcluir