sábado, 4 de maio de 2013

Despertando com o canto das maritacas em revoada....




Hoje pela manhã fui despertada pelo som estridente do canto das maritacas..
Maritacas são pássaros barulhentos que voam sempre aos bandos . Desde o raiar do sol já esttão despertas fazendo sua revoada verde.
elas ficam camufladas entre o verde das folhas
Gostam de árvores frondosas e bem altas, onde provavelmente fazem seus ninhos. Eu até que gostaria de ver mais de perto o abacateiro do outro lado do muro, bem diante de meu quarto, de onde pela manhã trazem toda essa alegria barulhenta.
Como não tenho acesso ao seu habitat, pulei rápidamente da cama e abri a janela., já com minha câmera fotográfica em mãos.
Da janela do quarto eu só percebia o farfalhar das folhas entre os galhos do abacateiro, consequência de seus ágeis movimentos.
Vez em quanto um grupo de três ou quatro saiam ém disparada com seu canto estridente em direção a`velha mangueira mais ao fundo do quintal.
Acima do abacateiro o céu azul sem nenhuma mancha indicava que teríamos mais um dia de verão em meio à estação outonal.
Fiquei ali algum tempo observando aquele movimento incessante intercalado com seus gritos. Pareciam crianças em algazarra em pátio de recreio escolar.
Muitos podem se incomodar com a algazarra que fazem. Mas eu digo que eu gostei de acordar ao som daquela “melodia”.
Claro que não é o mesmo que um rouxinol cantando , muito menos um bem-te-vi, cantores quase que solitários e mais suaves.
Maritacas são barulhentas mesmo, mas em tempos de ruas tão barulhentas as maritacas levam vantagem. E ganharam minha simpatia.
Ultimamente tem aumentado sua presença na zona urbana. .O desequilíbrio ecológico pode ser uma razão forte que as obrigou a essa migração.
Vê-las em bandos esverdeados , voando nas alturas ou pousadas nos fio aproxima-nos mais da maravilhas naturais e por momentos nos desligamos de nossa rotina diária.
Maritacas em revoada existem não para incomodar, mas para naturalizar a parte urbana da cidade.


No post abaixo  os leitores interessados poderão ver o vídeo com o canto das maritacas. Era impossível não despertar com tamanha algazarra bem diante de meu quarto!



2 comentários:

  1. Todos os dias quando saio pra andar, passo sob as árvores onde a maritacas fazem a festa.É uma delícia matutina.
    O teu texto está muito bom!
    Abração. ´

    ResponderExcluir
  2. Isso mesmo Tunim. Uma algazarra que noz traz a sensação de vida , movimento e alegria!

    ResponderExcluir