segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Horário de verão: ame-o ou odeie




Bem , queridos leitores, vou falar aqui de um assunto bem polêmico.: horário de verão

Andei dando uma olhada na net e encontrei muito mais pessoas que abominam esse tal horário do que aqueles que o amam
Claro que para alguns há sempre aquela ilusão de que o dia pode ser estendido em happy hours, esticadas na praia , papo com amigos e há até aqueles trabalhadores autônomos que ficam animados com a ideia de poder trabalhar até mais tarde.
Mas esquecem-se que esse benefício tem um preço alto : um levantar uma hora mais cedo , o que gera cansaço, irritação, baixa produtividade , stress e até instabilidade vascular. . Pesquisas mostram que o tal horário,  apesar de ter sido adotado por uma boa causa: economia de energia em horários de pico, causam mais mal à saúde do que o benefício gerado com a tal economia de energia elétrica.

Aliás, eu nem acredito muito nessa tão proclamada economia de energia aqui no Estado de São Paulo.
Bem cedo estamos com as luzes acesas e chuveiro ligado.para o inadiável e imprescindível banho de verão nessas manhãs quentes. Há também o gasto com o ar condicionado ou ventiladores , além da TV ligada  para ver as primeiras notícias do dia.

 Cadê a economia? Eu só vejo prejuízo, principalmente para o trabalhador e as crianças que precisam levantar ainda com o escuro.Uma mudança que gera grande desconforto e desregula todo nosso relógio biológico provocando uma mudança brusca nos ritmos do organismo humano..


Idealizado por Benjamin Franklin em 1784 e nos Estados Unidos e aplicado no Brasil pela primeira vez em 1931/1932 , tal conduta sempre gera controvérsias.
A partir de 2008 foi que o presidente Lula assinou o decreto que preconizava datas fixas para o início e término do horão de verão: Início a partir de 0 hora do 3º domingo de outubro, terminando sempre à 0 hora do terceiro domingo de fevereiro.Se a data final do horário de verão coincidir com o domingo de Carnaval, o prazo final será estendido para o domingo seguinte, conforme o decreto publicado no Diário Oficial da União.
Desde então, não há como fugir. Eu particularmente odeio o horário de verão, e começo a sofrer bem antes dele começar. Para mim é como ir para o sacrifício sem chance de “revisão de pena”.

 
Será que nunca haverá a feliz oportunidade de também ser baixado um decreto que nos livre desse flagelo? Vi na net essa notícia , que já serviu de consolo. Pelo menos tem alguém no plenário com a cabeça no lugar : 

“Tramitam na Câmara dos Deputados três projetos de lei, de autoria dos deputados Mário de Oliveira (PSC-MG), Armando Abílio (PTB-PB) e Valdir Colatto (PMDB-SC), que pretendem abolir o horário de verão no Brasil. A justificativa apresentada é que os benefícios com a redução da carga máxima de energia elétrica em horário de pico não atingem a maior parte dos cidadãos, enquanto que os prejuízos à saúde e à segurança pública afetam principalmente pessoas que precisam acordar cedo e ir à escola ou ao trabalho enquanto as ruas ainda estão escuras.”
Puxa vida! Será que isso um dia acontece?
Enquanto isso , vamos ficando iludidos com os benefícios da noite estendida,
nos acostumando com o desconforto do dia , acordando com as galinhas... e torcendo para fevereiro chegar..



Não vá embora sem comentar! Como vou saber da sua visita se você não deixar um comentário? É neste papo esticado, que acontece depois dos posts, com direito a vai-e-vem de reflexões, das réplicas e tréplicas, que a verdadeira magia do blog acontece: descobrimos novos pontos de vista e podemos aprimorar nossa visão do mundo. 
Desde Já, obrigada

7 comentários:

  1. Eu estranho pouquinho no começo. Normalmente durmo muito pouco e cada vez menos. então as coisas nem são muito percebidas,rs beijos,tomara dê resultados esperados! chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Queria ser como vc e outras pessoas q se adaptam fácil com essa horário odioso. Eu o considero um "espinho no meu pé". Mas, como eu disse, a gente aceita o sacrifício por livre e "espontânea pressão", não é mesmo.

      Excluir
  2. pois eu não sabia que Benkamin Franklin estava por trás da criação do Horário de Verão e, após ler seu post, fui visitar a Santa Wikipedia e... "O primeiro país a adotar oficialmente o horário de verão foi a Alemanha em 1916, durante a Primeira Guerra Mundial, como medida para economizar carvão." http://pt.wikipedia.org/wiki/Hor%C3%A1rio_de_ver%C3%A3o isso pq até então nenhum outro país dera crédito à ideia de Ben Franklin. Ano passado ouvi que nos EUA considera-se a possibilidade do cancelamento do horário de verão pelos mesmos motivos alegados no seu post, muito bom por sinal... e essa figura da princesa rolando na cama --sem poder dormer-- foi ótima, sua ideia. Será ela a tal que, deitada num colchão que tinha uma ervilha verde debaixo dele a pobrezinha sentiu-se incomodada por ser tão sensível?
    abraço... grande.
    Paz

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A ideia é essa mesma Paz: proporcionar caminhos para que as pessoas q como vc são "curiosas como eu"( e querem saber tudinho em detalhes) tenham a oportunidade de pesquisa mais minuciosa. Muito boa a sua dica de pesquisa "Wikipédia". Eu tb já havia lido sobre o assunto e descobri muito mais sobre a criação desse famigerado horário de verão que me abstive de postar para não tornar a leitura muito longa e cansativa.
      Quanto à princesa, talvez a "ervilha verde" debaixo do colchão tenha perturbado mesmo seu sono, que ficou muito mais prejudicado pelo levantar mais cedo em obediência ao horário de ver~~ao, (rsss) . Vc não acha?

      Excluir
  3. É isso mesmo, Edite, pessoas de mente inquisitiva não precisam de muita informação pra terem o intelecto aguçado e saírem à busca de mais informação. Seus posts despertam-me o interesse em saber mais e isso é-me suficiente, digo ler seus posts e sair pesquisando mais sobre o assunto de meu interesse ou tb qdo se trata de minha pura curiosidade. Seu blog apresenta posts para uma leitura leve e, ainda assim, são um alicerce pra quem quer saber mais... e dada a facilidade com que encontramos informação via um computador, seus posts apresentam um grande serviço àqueles que se interessam em aprender seja lá qual for seu assunto do dia. Obrigada!
    abraço... grande!
    Paz

    ResponderExcluir
  4. Nos comentários de algum outro post, falamos sobre livros... um sobre Hitler e outro sobre Jesus. Como vc está por terminar a leitura sobre Hitler e sua respectiva insanidade mental ou psicopatia ou sociopatia, gostaria de abordar que ele se inspirou em vários textos do Velho Testamento para praticar suas maldades no que se refere ao possível extemínio de uma raça. Está claramente escrito no Velho Testamento instruções que Deus deu ao "povo escolhido" em como acabar com outras gentes... parte disso tá lá no livro Juízes. Não é sem razão que na China a leitura bíblica foi proibida pq, além do que abordo acima, um chinês convertdo ao cristianisno se inspirou em Apocalipse desencandeando uma Guerra violenta... sangrenta... na China, no século 19. -- Tudo isso que comento não é pra desmerecer o VT e sim abordando onde foi que Hitler se inspirou pra cometer sua maldade... ele era católico praticante num tempo em que a Igreja Católica ainda vetava a leitura bíblica. -- Por outro lado, temos conhecimento de grandes homens e mulheres que se inspiraram na Bíblia para grandes obras tb. E... falando em China, sugiro a leitura ou releitura de Pearl S. Buck em A Boa Terra. -- Feliz Domingo!
    Paz... e o devido abraço... grande.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Paz, a leitura do velho testamento muitas vezes nos coloca em posição de questionamento. Mas usamos de nossa lucidez e inspiração divina para combater certas interpretações. Sabemos sim de pessoas que usam a biblia para cometer suas insanidades. Mas o q não podemos esquecer é que Jesus veio mesmo a este mundo para nos ensinar o amor e abolir qualquer comportamento anti cristão e ações pecaminosas antes praticados ]pelos povos antigos. O livro que estou lendo fala tb dessa sutileza pérfida de Hitler. Uma leitura interessante e que acredito vc gostará.
      Vou anotar a sugestão deste novo livro sugerido por vc.. Abraços.

      Excluir