domingo, 16 de fevereiro de 2014

Sempre a seu lado: filme


 Uma história real de lealdade

Um filme emocionante que mexe com nossos sentimentos. Uma história real, de lealdade entre um cachorro e seu dono.

Um filme que nos faz refletir sobre a profundidade e sinceridade das relações. E quais realmente interessam. Cães e seus donos formam laços de amizade invencíveis e inquebrantáveis raros. E até improváveis em seres humanos.

Baseado em uma história real, o filme comprova realmente o cão ser o melhor amigo do homem.

O amor inquestionável de Hachi por seu dono o faz esperar por nove longos anos pela volta de seu dono numa estação de trem.

A espera só termina quando Hashi morre já velho e cansado. Durante esses nove anos Hachi todos os dias se dirigia à estação no mesmo horário e ficava ali à espera que seu dono retornasse.




A história deste cachorro virou uma lenda no Japão e foi usada em escolas e casas para ensinar às crianças a importância lealdade entre amigos. Serviu também para despertar no país uma onda de criações de akitas, raça pura japonesa que estava cada vez menos popular. Há hoje na estação de Shibuya uma estátua de Hachiko, no lugar onde ele ficava esperando seu dono voltar.



Enredo:

Estrelado por Richard Gere, Joan Allen e Sarah Roemer
 Estreado no Brasil em setembro de 2009

Parker (Richard Gere ) é um professor universitário que todos os dias utiliza um trem americano de sua cidade até seu local de trabalho em uma cidade vizinha.

Numa de suas viagens, ao descer na estação de volta para casa encontra um filhote de cão da raça akita que acidentalmente teve sua jaula aberta. Imediatamente os dois são atraídos um pelo outro. Parecem ter sido destinados a ficar juntos. Parker pede ao controlador da estação que fique com o cão até que se encontre seu dono. Diante da recusa, Parker leva o cãozinho para casa, mesmo sabendo que Cate sua esposa é contra a presença de cães em casa.

 

Decidem então que vão ficar com o cãozinho até encontrar quem o adote. Os dias se passam e Cate vendo a afinidade entre os dois , desiste da adoção.

Os dois vão ficando a cada dia mais próximos. Não havia cadeado que segurasse Hachi em casa. Ele escavava a terra e fugia para acompanhar seu dono à estação. E assim começou a ser rotina todos os dias. Parker, não viu outra saída a não ser concordar que seu cão o acompanhasse todos os dias. E eram momentos únicos entre o cão e seu dono. À tarde Hachi voltava à estação para esperar seu dono. Novos momentos de intimidade e prazer.

Até que um dia seu dono não voltou mais. Havia falecido.Não resistira a um súbito ataque cardíaco durante o trabalho.

Hachi foi morar com a filha de Parker, mas não ficou. Seu lugar era a estação de trem. Ficava ali , alimentado pelos funcionários da ferroviária . E sempre no mesmo horário se postava diante da estação à espera de um retorno que não aconteceria.

Hachi morre deitado na neve em posição de espera paciente pelo seu dono.

A última cena é uma miragem onde o professor sai pela porta do trem e juntos os dois saem caminhando alegremente como nos velhos tempos.
 



Informações finais revelam que o verdadeiro Hachikō morreu em 1934 (na verdade, ele morreu em 1935). Uma foto de sua estátua na estação de trem de Shibuya é a última imagem mostrada antes dos créditos finais. 

Um filme que é uma lição de vida. Vale a pena conferir!

 

Leia mais sobre Hachiko aqui



























7 comentários:

  1. Filme tri legal esse e nos encanta ver essa lealdade e amizade! bjs, linda semana,chica

    ResponderExcluir
  2. Bom dia Edite :)
    'Sempre ao seu lado' é um dos filmes mais emocionantes que eu já vi...
    é o tipo de história que mexe com os sentimentos da gente.
    Adorei seu post.
    Tenha uma linda e abençoada semana.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  3. Esse filme é lindo demais! Só de lembrar já estou chorando emocionada! Uma ótima dica para quem ainda não viu! Bjks Tetê

    ResponderExcluir
  4. Não quero ver o filme, só de ler a descrição me emocionei...
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vale a pena conferir , Lila . mesmo com um lencinho do lado...rsssBjs

      Excluir
  5. Gostei muito desse filme, LINDO!
    Um abração

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vejo que as opiniões são unânimes. Um filme que é uma bela lição de vida e que merece ser visto. Eu tb indico!

      Excluir