quinta-feira, 3 de abril de 2014

Decidir...


Era de manhã e uma brisa suave soprava do leste..
Horário ideal para uma caminhada de onde se pode tirar todos os benefícios energizantes do momento,
A rua estava vazia, e ao dobrar a esquina eu a avistei. Impossível não reconhecê-la.
O andar arqueado que a cada dia parece acentuar-se mais. Passos miúdos , mas rápidos, denotando ainda uma certa agilidade apesar da limitação.
Ao nos aproximarmos, paramos como de costume, para os cumprimentos fraternos.
É que fomos colegas de profissão durante os antigos tempos das escolinhas rurais.
Tempos um pouco difíceis, mas gratificantes, de onde trazemos também boas recordações de uma escola que ainda era vivenciada e respeitada como o templo do saber.
Nos poucos minutos em que trocamos palavras, pude perceber ainda seu entusiasmo por aprender e ensinar. Um rosto tão luminoso que me presenteou com essas palavras: “Adoro caminhar, amo as flores , as crianças e tudo que é belo na natureza.
Coloco amor em tudo que faço. Amo cuidar de minhas plantinhas. E enquanto Deus me permitir pretendo me energizar com toda essa beleza. Neste momento estou indo para uma das minhas sessenta sessões de fisioterapia. E pretendo ir todas caminhando....”
Ao seguir o meu caminho eu fiquei a pensar o que leva determinadas pessoas a encarar a vida com tamanho otimismo assim. 
Como ela mesma disse ao final: “Trabalhamos tanto, e ao final esta é a vida que me sobrou. Mas eu a encaro com otimismo e amor". Existem pessoas em piores situações do que a minha”
 
Simples palavras, mas de um significado profundo para quem as ouve com o coração aberto. São palavras de uma pessoa confiante e decidida. Pessoas dotadas de uma imensa capacidade de superação.
Onde buscam essa força para viver, para driblar as dificuldades?

Como disse Cora Coralina :
“Mesmo quando tudo parece desabar, cabe a mim decidir entre rir ou chorar, ir ou ficar, desistir ou lutar; porque descobri, no caminho incerto da vida, que o mais importante é o decidir."
Esta foi a lição que me ficou: Você pode, você decide! Tenha fé! Confie! Entusiasme-se!



9 comentários:

  1. Lindo texto e lição ao final.Belo post, adoro Cora Coralina! beijos,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  2. Edite bom dia!

    Que lindo texto , uma lição de vida.
    A vida por vezes é tão cruel, mas ao mesmo tempo é tão maravilhosa porque ela nos compensa com ela mesma. A muita beleza nisso tudo, porque a fé, o otimismo pra vencer o cansaço a gente energiza dela mesmo. Tudo depende de nós!
    Meus aplausos para seu texto e para sua amiga, que Deus dê a ela essa força todos os dias para que ela possa continuar com essa coragem e com essa fé.
    Meu abraço pra ti, e tudo de bom!

    ResponderExcluir
  3. A Cora era uma "criaturinha" que tinha uma sabedoria grande.Ela entendia o viver.E o seu texto, Edite, ficou muito bom. Digno de Cora Coralina.
    Abração.

    ResponderExcluir
  4. Que lindo conto,Edite! De fato tudo depende do nosso modo de encarar a vida e saber olhar para os lados tb e ver o quanto nós temos! Bjs,

    ResponderExcluir
  5. Olá, tudo bem? Gostei da frase "Você pode, você decide! Tenha fé! Confie! Entusiasme-se!". Bem bonito. Bjs, Fabio www.fabiotv.zip.net

    ResponderExcluir
  6. Oi Edite, boa noite!
    Que exemplo de vida essa senhorinha hein?!
    Quando eu tiver a idade dela, quero ter esse otimismo e encantamento perante a vida...
    Muito linda sua postagem.
    Desejo um ótimo final de semana \o/

    ResponderExcluir
  7. Oi amiga, gosto muito de Cora Coralina, nós podemos mudar nosso destino1
    Beijos e tenha um ótimo final de semana!!

    ResponderExcluir
  8. Esse relatato todo nos mostra que a felicidade ou a infelicidade seja uma ou seja outra não passa de percepção individual... puramente criação da nossa mente.
    Paz

    ResponderExcluir