sexta-feira, 23 de maio de 2014

É importante saber acolher...

evangelizar é preciso: Espiritualidade na catequese
a cada ave-maria, uma flor é colocada, até que  o terço fique completo
evangelizar é preciso: Espiritualidade na catequese

Quer saber como foi nosso "terço das flores? clique no link e verá todas as etapas e fotos . Foi muito lindo e rico de aprendizado e fortalecimento na fé.
E foi através desse evento que conheci melhor o personagem da história abaixo:JÚNIOR
***************************************************************************
 O garotinho da esquerda , eu o chamarei Júnior.
Aparenta ter doze, talvez 13 anos.
A 1ª vez que vi Júnior, estava acompanhado do pai que veio trazê-lo para o encontro de catequese.
Mas chegou atrasado. Eu já havia dispensado minha turma e já estava quase no portão.
Parou, apresentou-me o filho e demorou-se em delongas sobre o comportamento inaceitável do filho.
Dizia que era muito indisciplinado, desobediente e rebelde.  "Eu não aguento mais tanta reclamação desse menino ! Na escola os professores só tem reclamações a fazer"
Júnior ficou de longe ouvindo a "ladainha" ofensiva do pai sem se manifestar. Parecia que nem era com ele.
Eu confesso que pensei: "Xiii... Meu Deus, estou com uma turminha tão comportada, simpática e participativa... Lá vem uma "ovelhinha negra" tumultuar nossos encontros."
Ouvi todo o desabafo do pai e fiquei pensando  como a Catequese poderia ajudar uma  criança tão sem princípios cristãos  e até antissocial como descrevia o pai
"Mas eu nem o conheço", pensei . "Vamos acolhê-lo e oferecer-lhe muito amor e carinho. Vamos procurar fazê-lo sentir-se valorizado e respeitado como todos os outros membros do grupo. Veremos como reage."
Então, tratei logo de dispensá-los, evitando um maior constrangimento do garoto, que claro, devia estar se sentindo  a pior das criaturas ,assim discriminado   pelo próprio pai.
Disse então que poderiam vir na próxima semana para participar com os outros pais e seus filhos da espiritualidade do "terço das flores"
O Pai prometeu que viriam. Eu, sinceramente, não acreditei. Se a criança é tão rebelde assim, pensei ela dará um jeitinho de "escapulir" do compromisso.
Mas, quando foi na quarta -feira, eu dou de cara com pai e filho entrando pela lateral do salão que já estava cheio.
Cumprimentei o pai. Cumprimentei Júnior: "Olá tudo bem com você? Que bom que Você veio!"
Ao que ele sacudiu a cabeça assentindo e me sorriu, um sorriso doce e acolhedor. 
O sorriso dele quebrou algo dentro de mim. Talvez uma barreira invisível que me colocava de prevenção contra ele. 
Ficaram ali junto com os outros o tempo todo. Atrás de mim eu ouvia a voz forte do pai respondendo às orações.
E , quando  quase todos já tinham se retirado, Júnior me surpreendeu pela espontaneidade interagindo bem com as catequistas , tirando fotos...
E quando posou para essa foto, eu não acreditei ... Bem sociável o garoto!
Reparem na foto: enquanto as garotinhas tem uma postura de intimidade com o sagrado, Júnior permanece mais afastado e não sabe o que fazer com as mãos. Mas o sorriso continua no rosto.
Olhando para essa foto eu tenho certeza de que não só a catequese já acolheu Júnior, mas Maria SSma, nossa mãezinha do céu já o tem nos braços!
Seja bem vindo Júnior!!!









18 comentários:

  1. Boa noite Edite,
    Você usou a psicologia do amor e diante dela o mau se torna bom e a vida fica mais serena.Eu trabalhei com crianças por 34 anos e também fui criança.
    Obrigada pelo carinho
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  2. Oi Edite! Isso mesmo, o amor falou mais alto e a criança se sentiu acolhida. Que bom ser vasos nas mãos do oleiro para abençoar vidas. Parabéns. Beijo!

    ResponderExcluir
  3. Que linda foto, texto e acolhimento ao Júnior!LINDO!beijos,chica

    ResponderExcluir
  4. Amor sempre vence minha amiga
    e que imagens bonitas dessas crianças
    E o texto e divino elogios por tudo

    Bom final de semana

    └──●► *Rita!!

    ResponderExcluir
  5. Oi Edite! Fui lá no outro blog ver a dinâmica do terço, fantástico! Quanto ao menino, deve ser levado e cheio de vida como toda criança nessa idade, mas tenho certeza que não é nenhuma "ovelha negra". E, sendo acolhido com tanto carinho vai transbordar de carinho também! Bjks e um abençoado domingo! Tetê

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Vamos acolhê-lo e oferecer-lhe muito amor e carinho. Vamos procurar fazê-lo sentir-se valorizado e respeitado como todos os outros membros do grupo. Veremos como reage."

      Com certeza, vamos procurar fazê-lo sentir-se amado e parte do grupo .

      Excluir
  6. O bem que você faz hoje, pode ser esquecido amanhã.
    Faça o bem, assim mesmo.
    Dê ao mundo o melhor de você, mas isso pode nunca ser o bastante.
    Dê o melhor de você, assim mesmo.
    Veja você que, no final das contas,
    È entre você e Deus.
    Sim porque Deus vê e tem o melhor
    pra você.
    O essencial é amar, amar muito, amar sempre,
    e ver com os olhos da alma.
    Um feliz e abençoado final de semana
    beijos no coração afagos na alma.

    Evanir.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lindo , Evanir. palavras perfeitamente coerentes com o texto. obrigada pelo carinho. Bjs

      Excluir
  7. Que bonita história,Edite! E pelo jeito ele foi mesmo acolhido por Nossa Senhora! Parece um amor de menino! Adorei esse jeito de rezar o terço com as crianças. bjs,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sem dúvida , Anne, foi um momento maravilhoso e rico de espiritualidade. Bjs

      Excluir
  8. Gosto do jeito do menino, meio perdido mas com um ar doce. Adorei a dinâmica do terço!
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi o que li no seu jeito de ser, no seu semblante alegre e acolhedor. Não acredito que por trás desse carisma se esconda uma criança dotada dsó de negatividade. Bjs

      Excluir
  9. Edite, creio que algumas crianças só estão buscando amor e possibilidade de uma integração saudável. Fico feliz que tenha encontrado seu espaço e seu coração abertos. Não há melhor maneira de acolhimento. Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fiquei sabendo depois que o garoto é órfão de mãe. Carência perfeitamente compreensível. Espero poder ajudá-lo. Bjs

      Excluir
  10. Edite, DEUS é AMOR e tudo que vem DELE é lindo! Gosto de 1 Coríntios 13!...
    Beijos e uma semana ABENÇOADÍSSIMA.....................

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda que eu falasse a língua dos anjos.... eu não seria nada se faltasse a caridade. Lindo ! Também amo esse trecho bíblico. Bjs

      Excluir
  11. Muito bonito, Edite :)
    É sempre um prazer visitá.la :)

    Grande beijinho :)

    ResponderExcluir
  12. Oi Edite, que lindo!
    Beijos e boa semana!

    ResponderExcluir