segunda-feira, 19 de setembro de 2016

A VIDA É UM INSTANTE



 A vida é um instante . Um instante que pode durar tão pouco , mas que é precioso.
Um instante para amar , fazer o bem. Um instante para perdoar e ser perdoado .
Um instante que não se sabe quanto pode durar ..
Um instante que se acaba num sopro, num estalar de dedos
Um instante que é sempre pontuado pela interrogação .
Como num sopro a vida nos foge , sem quê nem porquê
Como bem escreveu Cecília Meireles; "Se num instante se nasce e num instante se morre , um instante é o bastante para a vida inteira"

Que cada um saiba bem viver o “seu instante “ de vida , pois cada instante conta !
A tragédia de afogamento com o ator Domingos Montagner só vem a confirmar essa certeza .
Convivemos com a morte diariamente e quantas vezes nos esquecemos disso
Podemos comparar a morte como uma bomba bem próxima de nós e prestes a explodir a qualquer momento , sem que o homem tenha condição alguma de impedi-la !
Pelos testemunhos dados sobre o ocorrido com o ator , ouvimos muito as palavras:  Luz , Fé , Amor alegria , amizade , companheirismo, desprendimento de si … o que nos leva a crer que a vítima teve sua vida pautada nessas virtudes .

Ser luz é o que nos pede o evangelho de hoje !Luz para iluminar a vida de outros ! Luz que não se esconde ,mas que se desprende de si para que o outro se alegre também ! Luz que enxerga o próximo e faz o outro também se enxergar ! Luz que não se apaga nunca , mesmo que o vento sorrateiro da morte leve sua luminosidade aparente ...

Que bonito ! Que bom se não nos esquecêssemos disso no nosso dia a dia para assim iluminar a vida do outro seja com um sorriso , um bom dia , um elogio por pequeno que seja , um gesto de fraternidade e solidariedade!


Se você não pode ser luz , seja satélite, mas nunca deixe de irradiar a luz que recebe na vida do outro

Tomemos um pouco da luz de Cristo e iluminemos a vida do outro!

Não pode ser um Holofote ?
Seja uma vela , mas ilumine !
Desgaste-se como a vela que vai se consumindo , mas dá a sua luminosidade! 
Uma vela que vai sobrevivendo aos açoites do vento para irradiar sua luz .
 Às vezes é preciso passar pela experiência da vela , consumindo-se , passando por dificuldades para se manter acesa , experimentando os açoites do vento para  oferecermos o melhor que temos em nós !


"Ninguém acende uma lâmpada para cobri-la com uma vasilha ou colocá-la debaixo da cama; ao contrário, coloca-a no candeeiro, a fim de que todos os que entram , vejam a luz " Lc 8, 16

2 comentários:

  1. Muito linda tua mensagem,Edite! Que bom te ver novamente! beijos, chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Voltando aos poucos , Chica ! Muito bom falar com vc novamente 1 Tewnho saudades desse espaço , mas ... o tempo está escasso !Bjs

      Excluir