domingo, 11 de junho de 2017

CHEIROS E LEMBRANÇAS...


Vocês já prestaram atenção em como apenas um cheiro pode nos transportar para lugares distantes ? Sim , porque olfato é memória , e através dele as lembranças ressuscitam e nos levam a reviver momentos que pareciam arquivados na memória .

E foi assim que , uma manhã , ao descer a rua que dava para casa de repente fui surpreendida por aquele cheiro. Claro , eu me lembrava bem ! O pátio da escola , a fila da merenda e o cheiro inconfundível da sopa de arroz da dona Antônia !



Dona Antônia , a bondosa cozinheira ! Seu tempero era incomparável . Lembro até hoje do caldinho amarelo que pairava por cima . Tudo no ponto certo, sabor inigualável , tempero incomparável! E o aroma … ahhh.... inesquecível!

Na época não tínhamos essa regalia de hoje no tocante a gratuidade . A sopa era paga ! Sim , paga!!!O que talvez fizesse com que se tornasse mais saborosa , pois representava uma conquista. Nem sempre se tinha dinheiro para a sopa , e quando “papai” liberava era uma alegria . Já vínhamos para a escola salivando, na expectativa do sabor da sopa da Tita .

Tudo na vida é assim , quanto mais difícil de conseguir , mais valorizado é . Hoje as crianças tem a merenda oferecida gratuitamente , mas ´parece que quanto mais se “paternaliza “ menos se valoriza e menos as crianças agradecem e menos aprendem .


Todas essas considerações me vieram à cabeça num instante . , uma associação passado/ presente que não consegui evitar . Era o barulho da criançada no recreio , o empurra empurra na fila diante da janela do refeitório . Os bons modos à mesa e o sair rapidamente da mesa após a refeição , para que se revezasse as turmas.

Parei um instante como que retornando no tempo ! Um carro passou por mim  e o som de sua buzina me trouxe de volta à realidade !O recreio terminara . A sineta tocou ! Hora de voltar para a sala de aula .
Mas , e amanhã , o que teremos para a  merenda ? Tomara que seja arroz -doce !

Bem mas isto já é assunto para outra crônica ...

2 comentários: