sexta-feira, 27 de julho de 2018

As Delícias de ser AVÓ






Falou-se muito ontem sobre as delícias de ser avó , sobre como os netos nos completam e ocupam um espaço especial em nossa vida .

Realmente , ser avó é algo mágico , algo que não nos é imposto , mas nos é dado assim gratuitamente como nos diz Rachel de Queiroz no ser texto abaixo:
 “a arte de ser avó" 


"Netos são como herança. Você ganha sem merecer.
Sem ter feito nada para isso, de repente lhe caem do céu...
É como dizem os ingleses, um ato de Deus. Sem se passarem
as penas do amor, sem os compromissos do matrimônio, sem as
dores da maternidade. E não se trata de um filho apenas suposto.
O neto é, realmente, o sangue do seu sangue, filho do filho,
mais filho que filho mesmo...




Sim, tenho a certeza de que a vida nos dos dá netos para nos compensar

de todas as perdas trazidas pela velhice. São amores novos, profundos
e felizes, que vem ocupar aquele lugar vazio, nostálgico, deixado pelos
arroubos juvenis"
Rachel de Queiroz


Eu como avó à distância não tenho essa experiência da proximidade física com os netos . Mas a distância não é empecilho para que se estreitem os laços afetivos. 

 A moderna tecnologia nos proporciona esse prazer da “proximidade on line”

É claro que a interação é menor . Nada como ser surpreendida com a visita dos netos passando prá tomar um lanche à tarde ou um passeio de mãos dadas até à praça para um picolé ou um algodão doce .

Abraços e beijos , só virtual ou por telefone . 

No próximo mês aguardo a visita de minhas netas e família residentes na Alemanha . A ansiedade é grande .De ambos os  lados . 
De um lado a ânsia por estar no Brasil , de outro lado a expectativa da próxima chegada .

São dois anos , após o último encontro . A saudade é demais , a saudade aperta . A saudade dói...

Enfim , família reunida !

Seguimos contando os dias no calendário . O coração acelerado buscando alternativas em como passarmos momentos únicos e inéditos a cada ano que passa.



"Conviver com os avós é uma experiência rica para ambos os lados . Assim como os avós representam uma ponte entre o presente e o passado , ao conviver com os netos , os avós vão buscar dentro de si um resgate da criança que foi , um resquício da juventude há tanto tempo esquecida . Voltam seu olhar mais atento para sua saúde , porque sua meta é acompanhar o crescimento e evolução dos netos em todos os sentidos.

E muitas , como eu, já vislumbram o primeiro diplominha dos netos, a primeira eucaristia … etc , etc... e quem sabe o ápice de sua formação escolar !"



Alguns versos para as vovós : "SER AVÓ"



Ser avó é sentir felicidade

É conhecer um amor doce, profundo,
É viver de carinho e ansiedade,
É resumir nos netos o seu mundo





Ser avó é voltar a ser criança,
É fazer tudo pelo neto amado...
É povoar a vida de esperança,
É reviver todinho o seu passado.




Ser mãe é dar o coração, eu creio,
Mas ser avó... que sonho abençoado
É viver de ilusão, num doce enleio,
É viver no neto o amor ao filho amado

desconheço o autor 


domingo, 22 de julho de 2018

MEXENDO COM AS PLANTAS


COMO PREPARAR UM VASO PARA O PLANTIO







E ontem foi dia de mexer com as plantas , renovar plantios , recuperar vasos , fazer novas mudas .../
Cuidar das plantas , uma atividade relaxante e  que pode trazer benefícios à saúde mental . 

Nos dias de hoje , com o concreto invadindo também nossos quintais , muitas vezes fica difícil encontrar cantinhos adequados para alguns vasos ou mesmo plantas de canteiro.

Mas , para fazer uma área verde em casa não é preciso muitas regras Basta planejar de acordo com o espaço disponível . Com um pouco de boa vontade utilizamos vasos , jardineiras  e aproveitamos pequenos espaços ociosos para fazer pequenos canteiros .

As plantas vivem um eterno processo de desenvolvimento. O cuidado é sempre necessário , pois como todo ser vivo, a manutenção da saúde vegetal é fundamental para garantir uma bela planta.


Enquanto estamos ali envolvidas "mexendo com a terra" , vamos também desenvolvendo novos valores como a responsabilidade e disciplina. Além do que , não estamos apenas "mexendo com a terra " , mas estamos cuidando de outro ser vivo  e isso tem um grande valor para nosso estado emocional , melhora o humor , desperta  a expectativa da brotação , a expectativa de ver surgir ou recuperar uma nova vida. 

 Ver uma nova planta brotar do solo e saber que fomos responsáveis pela semente é muito gratificante e é motivo de orgulho e satisfação pessoal .


e a mudinha de pitanga  cresceu ...



Eu gosto de observar a reação do meu neto Lucas,  quando vem aqui em casa e já vai correndo ver como está a mudinha de pitanga que ele mesmo colocou a semente no solo. 

Ele fica muito feliz e corre logo a pegar seu regador para regar a terra . E fica todo orgulhoso , já imaginando como a plantinha vai estar na sua próxima vinda. E quando ela irá dar frutos .



E assim , plantando ou cuidando das plantas vamos também desenvolvendo novas habilidades e aprofundando conhecimentos sobre qual o melhor adubo , o melhor local para a planta , época de plantio e poda , assim como também sobre controle das pragas .

Eu ainda me considero uma principiante no mundo da jardinagem . Cultivo poucas plantas , mas estou sempre aprendendo , adquirindo novos conhecimentos .

Porque na vida é assim , todos os dias temos novas oportunidades de aprendizado e temos que saber aproveitá-las , pois somos o que estamos dispostos a aprender






terça-feira, 17 de julho de 2018

FIM DE TARDE




Fim de tarde !
Sol que se põe
Rabisca o céu
de cores mil
Cores que brincam
com nossa visão
ora do ouro o amarelão
mistura-se com o vermelho intenso
num instante surge o alaranjado
o cinza modificado
formando um lindo arrebol
de cores brilhantes
traçando imagens imaginárias
e de beleza rara


Pessoas passam
passos apressados
o dia foi longo
o tempo urge
Chegar à casa se faz urgente
e nessa correria
não conseguem num repente
ver bem a sua frente
a presença do Criador
os passos a lhes espreitar

São poucos os que tem a chance
de observar tanta beleza
traçadas por linhas ocultas
inseridas na natureza


Como é lindo
apreciar o entardecer
o sol que some no horizonte
vai nascer em outros montes
Mas volta ao amanhecer
nos trazendo a beleza do alvorecer



Entardecer”
Prenúncio do anoitecer
A noite cai e com ela
logo vem a escuridão!

Assim somos nós...
Encontros e desencontros

no entardecer da vida

que também se vão



No entardecer da vida
eu possa alegre contemplar
um feliz amanhecer



por mais lindo que esteja o céu ao amanhecer
À tarde pode chover
e trazer um cinzento entardecer
Assim é também em nosso viver 



edite






sábado, 14 de julho de 2018

Os Ipês estão floridos






Não conheço muito do escritor Rubem Alves . Mas o que tenho conhecimento é que era uma pessoa muito sensível e observador da vida . Como ele mesmo escreveu : "Tenho um caso de amor com a vida "

Sei também que ficou conhecido como "o homem que gostava de ipês amarelos". Assim respondeu uma criança ao ser interrogada na escola onde estudava textos do autor : "e quem é Rubem Alves ?" 

O escritor gostava tanto dos ipês ,  e deixou esse amor tão explícito em seus textos que mereceu uma homenagem pós morte, feita por sua filha e amigos queridos , onde suas cinzas foram usadas para adubar uma muda de ipê amarelo ,em determinado lugar (não citado no texto),num gesto de celebração da vida .


Talvez seja muita pretensão minha dizer que tenho esta afinidade com o escritor . Apenas com a diferença de que os meus preferidos são ipês rosados.

Gosto de todos , mas o rosado me encanta . Talvez pela durabilidade da floração que é um pouquinho mais extensa que a floração amarela ou branca. 

Para todo canto que se vai ou que se olha , nas cidades ou nos campos sempre há um rosado despontando altaneiro sobressaindo entre as folhagens secas , desafiando o céu azul e colorindo as ruas e/ou frentes de casas .

Não tem como não parar e ficar ali estonteado em contemplação e louvor pela beleza da criação .

O autor descreve tão bem a sensação diante da beleza dos ipês que eu nada mais tenho a dizer , a não ser deixar aqui trechos dessa maravilha de texto de Rubem Alves .



Gosto dos ipês de forma especial. Questão de afinidade. Alegram-se em fazer as coisas ao contrário. As outras árvores fazem o que é normal — abrem-se para o amor na primavera, quando o clima é ameno e o Verão está pra chegar, com seu calor e chuvas. O ipê faz amor justo quando o inverno chega, e a sua copa florida é uma despudorada e triunfante exaltação do cio.
Conheci os ipês na minha infância, em Minas, os pastos queimados pela geada, a poeira subindo das estradas secas e, no meio dos campos, os ipês solitários, colorindo o Inverno de alegria. O tempo era diferente, moroso como as vacas que voltam em fim de tarde. As coisas andavam ao ritmo da própria vida, nos seus giros naturais. Mas agora, de repente, esta árvore de outros espaços irrompe no meio do asfalto, interrompe o tempo urbano de semáforos, buzinas e ultrapassagens, e eu tenho de parar ante esta aparição do outro mundo. Como aconteceu com Moisés, que pastoreava os rebanhos do sogro, e viu um arbusto pegando fogo, sem se consumir.
Ao se aproximar para ver melhor, ouviu uma voz que dizia: “Tira as sandálias dos teus pés, pois a terra em que pisas é santa”. Acho que não foi sarça ardente. Deve ter sido um ipê florido. De fato, algo arde, sem queimar, não na árvore, mas na alma. E concluo que o escritor sagrado estava certo. Também eu acho sacrilégio chegar perto e pisar as milhares de flores caídas, tão lindas, agonizantes, tendo já cumprido sua vocação de amor.
Mas sei que o espaço urbano pensa diferente. O que é milagre para alguns é canseira para a vassoura de outros. Melhor o cimento limpo que a copa colorida. Lembro-me de um pé de ipê, indefeso, com sua casca cortada a toda volta. Meses depois, estava morto, seco. Mas não importa. O ritual de amor no Inverno espalhará sementes pela terra e a vida triunfará sobre a morte, o verde arrebentará o asfalto.
A despeito de toda a nossa loucura, os ipês continuam fiéis à sua vocação de beleza, e nos esperarão tranquilos. Ainda haverá de vir um tempo em que os homens e a natureza conviverão em harmonia.
Penso que os ipês são uma metáfora do que poderíamos ser. Seria bom se pudéssemos nos abrir para o amor no Inverno...

Corra o risco de ser considerado louco: vá visitar os ipês. E diga-lhes que eles tornam o seu mundo mais belo. Eles nem o ouvirão e não responderão. Estão muito ocupados com o tempo de amar, que é tão curto. Quem sabe acontecerá com você o que aconteceu com Moisés, e sentirá que ali resplandece a glória divina

Leia o texto todo aqui:

Campinas 4/5/2014
Rubem Alves


imagens que colhi em Marília hoje , sábado
a galhardia do ipê rosado ultrapassando a torre da Igreja 

ipês rosados tornam a paisagem simples mais bela e atraente .

Ipês rosados circundam a pequena habitação de telhado baixo ,mostrando toda sua majestade

sexta-feira, 13 de julho de 2018

QUE FRIO É ESSE?




Ai, meu Deus , que frio é esse 
 que chega assim de repente 
 e mexe com o humor da gente


Eu que antes no sol
 Me punha a caminhar 
 aproveitando o frescor 
 Das tardes  de arrebol de cores
pintadas no horizonte 

Agora ,
 manhãs cinzentas 
vento torturante que acompanha a manhã 
 Um sol que teima em não aparecer
tardes frias 
um ar enregelado que cobre a noite


Meu Deus , eu tenho que levantar ?
 Tirar a roupa é um suplício
 debaixo do chuveiro 
 um desafio

Acho que vou ficar 
mais um pouquinho
 debaixo do lençol quentinho
E assim que sair o sol 
 corro também prá me esquentar


Tem gente que diz 
 do frio gostar 
 mas acho que deve ser 
 porque montes de agasalhos  deve ter 
 Coitado do desalojado
 passa apertado o coitado 
 não vê  a hora do dia clarear 
 pra esticar as pernas entorpecidas
 e do sol fazer seu cobertor


Você que é privilegiado
 tens moradia , proteção total
neste inverno de arrasar
não se esqueça daquele injustiçado
 que tanto frio está a passar


Não vamos salvar o mundo ,
 mas cobrir o frio de alguem
 É gesto bem louvável
E também de se fazer agradável
não se espera recompensa
 apenas fica tranquila a consciência
Sentindo-se realizado por ter minimizado
 o sofrimento do próximo
  É tão difícil conviver  com o frio
Para eles um desafio

*********************************************
E agora depois de tanto blá, blá, blá
S'imbora copiar 
 uma receita de arrasar 
prá esse frio esquentar  


SOPA DE FUBÁ COM FRANGO DESFIADO




Ingredientes

02 sobre coxas ou se preferir metade de 01 peito de frango
02 dentes de alho
sal a gosto
pimenta a gosto
meia cebola picadinha
02 colheres de salsinha
02 colheres de sopa de azeite
1/2 copo de fubá diluído em água filtrada
03 copos de água
01 colher de sopa de salsão (opcional)


PREPARO


Corte o frango em partes pequenas e tempere com sal, alho e pimenta.
 Frite a cebola no azeite e refogue o frango. 
Acrescente 03 copos de água quente e deixe cozinhar por 15 minutos ou até que a carne esteja bem macia a ponto de desfiar. 
Abra a panela, retire o frango, desfie e volte para o caldo. 
Corrija o sal se necessário e acrescente mais um pouquinho de água e o fubá diluído. 
Ferva por dez minutos e tenha uma sopinha muito típica de vovó 

Sugestão : Sirva com torrada





segunda-feira, 9 de julho de 2018

Bichanos ....


AQUI TEM:


clique para chegar até lá 

http://kantinhodaedite.blogspot.com/2018/07/que-.htmlhttp://kantinhodaedite.blogspot.com/2018/07/que-frio-e-esse.html

foto google


BICHANOS 

foto de arquivo próprio

Gatinhos travessos
Tranquilos a repousar
Mas quando chega a noite
Colocam tudo do avesso
Derrubam plantas
Quebram vasos
Pulam, brincam
Sem parar
E deixam a vizinhança
Nervosa a reclamar 
Juro que eu não mereço 
Vê-los assim a traquinar


Os gatinhos de minha irmã

foto de arquivo próprio

São lindos e fofos .
 Vive em função deles . Desde que nasceram , rodeou-os de cuidados especiais . Tanto os protegeu que até hoje são muito ariscos . 

A falta de aproximação dos bichinhos fez com que os mesmos se tornassem arredios e assustados . Ao menor sinal de alguém no quintal , corriam para cima da árvore . Nunca vi tamanha agilidade .
E ficavam das alturas a nos olhar , olhos atentos ao menor movimento que os fizesse subentender situação de perigo .

foto de  arquivo próprio
E iam subindo , subindo até que alcançassem os últimos galhos que facilitasse o salto para o telhado .

Hoje já maiores , ainda nos espreitam  abertamente , com aquele olhar que parece ler-nos a alma . 

Dizem que o olhar do gato é tão profundo que ele é capaz de enxergar além daquilo que enxergamos , inclusive seres de outra dimensão .
 Cruzes , o olhar de um gato me assusta . É tão profundo que sinto estar me dissecando com o olhar . Algumas correntes dizem que o gato é capaz de absorver toda energia negativa do local . E quando ele insiste em dormir em certo local , inclusive na cama do dono é por pura proteção. Querem absorver a energia negativa daquele espaço   .

Gatos não são selvagens , mas muitas das atitudes que tem são resquícios de seus ancestrais , visto que tiveram sua domesticação mais tardia que a dos cães.  Sua relação com o humano é de afeto , mas também de desapego . Ficam até quando precisam , depois de atendidos facilmente se retiram para seu cochilo numa réstia de luz solar qualquer.
E até dispensam um cafuné .
.
foto google

Desapego , em partes . Como foi dito , são movidos pelo interesse . Os gatos de minha irmã , por exemplo , pressentem quando ela está para chegar do trabalho à tarde. Assim que ela abre o o portão e chega à porta dos fundos da casa , todos já estão miando na área contígua à cozinha .
Comem e dispersam-se . Cada um vai para seu canto .

É comum vê-los saltando com toda agilidade , do chão para o muro e do muro para o telhado .

foto de arquivo próprio
Eu particularmente não morro de amores por gatos . Não sou obcecada como minha irmã , que faz sua vida girar em torno deles .

Acho-os lindos e fofos , mas que fiquem longe .


Gatos , dizem , são animais da espécie , os mais limpos . Bastam-se em higiene , banham-se frequentemente com lambidas, fazem massagem em todos os músculos  . São tão limpos , que acreditem se quiser : repudiam sua caixa de areia para necessidades fisiológicas , se não for limpa todos os dias . Talvez seja por isso que prefiram o meu canteiro como uma imensa caixa de areia ao ar livre .
Provocam-me irritação vê-los fazer de meu canteiro seu banheiro privativo . Lançando imprecações , limpo-o todos os dias . E quanto mais eu limpo , mais parece ficar adequado às suas necessidades .

Desculpem-me os amantes de gatos , por tratar os bichanos com malquerença , mas limpar todo dia caixa de areia de gato alheio  é uma função muito desagradável e que cabe ao dono do gato . Como não entramos em concordância, os gatos continuarão sendo para mim , motivo de desafeto . Mas , fiquem tranquilos , expulso-os de meu quintal,  procuro mantê-los afastado , mas fazer qualquer maldade , jamais...






De todas as criaturas de Deus, somente uma não pode ser castigada. Essa é o gato. Se fosse possível cruzar o homem com o gato, melhoraria o homem, mas pioraria o gato.”

Mark Twain



.






terça-feira, 3 de julho de 2018

Dia de jogo do Brasil



A Segunda -feira amanheceu linda e ensolarada. É, parece que o inverno desistiu de aparecer mesmo .
 Vestiu seu casaco de pele e delegou  o trono ao verão . Sim , verão mesmo , porque nem aquele arzinho fresco das manhãs de outono , temos .

Manhã de jogo da seleção Brasileira : Brasil X México . Expectativa total , porque o jogo de hoje era decisivo. Estranhei a cidade semi -deserta pela manhã . Paramentei-me toda e dirigi-me à academia , aproveitando o clima bom da manhã . 

Claro , como pude me esquecer ? Em dias de jogo do Brasil , a cidade pára . Parece que somente eu me esqueci deste pequeno detalhe , e então acabei dando com o nariz na porta .

Mas ,no pique que estava, não quis deixar passar esse momento quase inédito de "entusiasmo" pela atividade física a que estava empenhada em fazer .

Decidi então caminhar até a academia pública mais próxima , uns 1.200 metros mais ou menos de minha casa  . Assim aproveitaria o sol da manhã e me exercitaria caminhando e utilizando os aparelhos da praça beirando a rodovia .






Pelo caminho fui observando a natureza e os poucos carros que ainda transitavam , bem como alguns transeuntes todos uniformizados de "verde- amarelo "




É, a seleção brasileira tem esse poder de mudar a rotina de trabalho e outros compromissos das pessoas  em plena segundona , dia útil para o trabalhador .

E eu caminhando , parando aqui e ali para colher essas belas imagens .



Depois  de levar meus olhos para passear, cheguei em casa bem pertinho da hora de começar o jogo da Seleção Brasileira .


E vamos nós torcer pelo HEXA