domingo, 31 de março de 2019

A VIDA É UM ESTALO



Era uma noite tranquila e calma como a noite de hoje . Sem os costumeiros ventos típicos de nossa cidade nessa época do ano , onde o outono já anuncia sua chegada  com sua variação de temperatura.

A temperatura era amena , agradável , própria para um passeio na praça , como costumam fazer alguns logo após as funções religiosas da noite .

Mas a família precisava retornar para casa . Alguns kilometros  rodados e rapidinho chegariam em casa .  A segunda- feira anunciava compromissos , trabalho...

Era a rotina semanal da família . Quando não participavam da missa pela manhã , a noite a presença era obrigatória . Ocupavam todos o mesmo banco . Era bonito vê-los numa comunhão familiar tão perfeita a partilhar  comunhão com Cristo .

E naquela noite não foi diferente . A jovem adolescente participando de um encontro de jovens  se reuniu aos pais ao final da celebração e juntos puseram-se a caminho plenos do conteúdo celebrativo , felizes por participarem todos da mesma fé e terem juntos mais uma vez comungado de uma mesma união católica naquela noite de domingo.

Alegria ... felicidade... coração transbordante de Deus...

E de repente ...Meu Deus ! Tudo escureceu ... Algo inesperado acontece , a poucos metros da casa ...Não houve tempo ... o choque foi inevitável ...

Correria ... Telefonemas ... Assistência da rodovia ... ambulância ...

A notícia correu como rastilho de pólvora !!! Eram muito conhecidos na cidade .Era impossível acreditar no acontecido . Afinal , há poucos minutos ainda estiveram com eles...

É, porque a vida é assim , um estalo !

Num estalo despertamos para a vida com prazer , num estalo de dor  também a vida  termina ...

A vida passa num estalar de dedos, em um piscar de olhos.
Dez anos em dez dias, dez dias em dez minutos e dez minutos em dez segundos.

Já dizia Buda que" a duração da vida é como o brilho de um relâmpago no céu. Nossa existência é transitória como as nuvens no outono ".


 "... a vida acaba em um estalo, e que às vezes passamos a vida dando valor ao que realmente não tinha valor algum. Diga que ama, aproveite a companhia, perdoe, resolva as discórdias, porque o que se leva dessa vida não são bens e sim o bem que aprendeu a fazer." ?



Tudo neste mundo tem seu tempo; 

cada coisa tem sua ocasião. 
Há um tempo de nascer e tempo de morrer; 
tempo de plantar e tempo de arrancar; 

eclesiaste 3, 1 - 2


rosa branca para você que deste mundo se despediu ainda jovem ,de forma trágica e inesperada
 Descanse em paz 

sábado, 30 de março de 2019

JARDINEIRO DA VIDA


é preciso cuidar...




Tem pessoas que gostam de semear. Preparam o terreno com cuidado, revolvem a terra, adubam, regam. 
 Depois de todo o preparo da terra é necessário o tempo de espera juntamente com os cuidados diários .

 Não se semeia e esquece a semente lá abandonada , exposta à sua sorte . É preciso estar próximo , é preciso cuidado . Algumas plantas exigem mais cuidados , mais adubação , mais regas . Outras são mais independentes . São capazes de buscar nas profundezas do solo os nutrientes necessários para sua sobrevivência . Mas nenhuma dispensa nosso olhar carinhoso , nossa atenção diária . 

Esse é o trabalho do jardineiro : uma dedicação extrema a seu ofício . E mesmo com tantos cuidados corre-se o risco de alguma semente se perder ou de um florescer tardio, além da possibilidade de a planta não chegar ao ápice do florescimento.
persistência ...paciência...

E assim com a natureza , o jardineiro vai crescendo também em humildade ao reconhecer que nem sempre nossos esforços alcançarão o resultado esperado . Aprende que é preciso ousadia e coragem para recomeçar a cada novo dia . É preciso persistência para que se veja o resultado de seus esforços.

E assim , somos nós também os jardineiros da vida . Semear  exige paciência , cuidados e respeito às particularidades de cada um . Muitas vezes semeamos em terreno que parece hostil, mas quando menos esperamos a semente se adapta ao terreno  e começa a florescer.

 É preciso que nos desnudemos da pressa e da vaidade em querer ver logo o “jardim” florido . Cada pessoa tem seu tempo de florescer , cada estágio da vida é único e requer que se respeite o tempo necessário para a colheita.

Cabe a nós tão somente semear e acompanhar o  “ciclo de vida da planta”  oferecendo todo o tempo, nossa atenção e cuidados . Sempre  tendo a humildade de reconhecer que tanto podemos colher belos frutos ou nem mesmo ver o seu florescer .

Mas , com certeza , como nos ensina a Mãe Natureza , vale a pena o esforço . Vale a pena o investimento! Vale a pena semear !
Continuemos disseminando sementes de amor !

...e a sementinha brotou ! Valeu o esforço  ,Lucas e Maria Eduarda.

Comece a cuidar hoje mesmo de seu jardim ! De seu esforço e dedicação resultará a colheita !

domingo, 17 de março de 2019

Padre Fábio de Melo: VULNERABILIDADE SOCIAL



Fábio de Melo emocionou com as palavras escritas a respeito do atentado na escola Raul Brasil. Ele afirmou que a tragédia não anunciada mostrou a nossa vulnerabilidade social.

A tragédia de Suzano não só nos entristece. Ela expõe a nossa vulnerabilidade social. Foi o tempo em que só temíamos os bandidos. Hoje, uma dor emocional não curada pode levar um adolescente a se tornar um assassino”, escreveu.
 A violência é o desdobramento de carências afetivas, da necessidade de ser visto e notado, ainda que da pior maneira. Os distúrbios emocionais nem sempre são percebidos e considerados pelos que formam a nossa ambiência afetiva. Não é incomum encontrar adolescentes reféns de seus traumas e completamente desamparados. Colocar um filho no mundo requer disposição de lidar com ele. Só a proximidade nos faz perceber as necessidades e conflitos do outro”
Ele declarou ainda que não se trata de sangue ou parentesco que vinculam as pessoas, mas o amor. “É justamente na construção da intimidade que erramos. Laços familiares se limitam a ser parentesco, o que não quer dizer absolutamente nada. O que nos vincula não é a obrigação, mas o amor. O desamparo emocional alimenta uma desolação silenciosa. A partir dela a pessoa passa a nutrir ódio pelos que estão felizes”, finalizou.

as flores representam o ciclo da vida de quem se foi 

quinta-feira, 14 de março de 2019

O SÍTIO


Tenho procurado administrar o pequeno sítio de minha propriedade com toda garra e boa vontade . Mas todos sabemos que para que o negócio rural caminhe efetivamente , não basta boa vontade . É preciso conhecimento . 
Antes , com a administração de meu marido , tudo corria bem , embora as dificuldades estivessem sempre presentes, como em toda administração rural . Mas seu tino para negócios sobressaia e ele sempre acabava "tirando leite de pedra " ( expressão usada para mostrar o grau de dificuldade do momento) .

De repente eu me vi com essa responsabilidade enorme : pelo menos manter funcionando o que já funcionava aparentemente bem . 
Posso "não tirar leite de pedra " , mas tenho procurado me abastecer de informações e orientações na área agro pecuária , para que tudo caminhe bem e eu não tenha grandes  decepções e muito menos prejuízo . 

Hoje trago para vocês algumas fotos do meu pequeno paraíso , além de uma inspiração em versos simples e bucólicos .


Hoje trago para vocês algumas fotos do meu pequeno paraíso , além de uma inspiração em versos simples e bucólicos .

O SÍTIO

Caminhando pelo sítio
Admirando a natureza
A criação tranquila
O céu azul refletido
Nas águas
Da pequena represa


represa precisando de recuperação


O cri cri dos grilos
Borboletas a voar
Pássaros a gorjear
Enquanto a bicharada
Livre e solta
Pelo quintal
Fica a vaguear


pasto já em recuperação


Seis patinhos foram passear ....


Na frente da pequena casa  um belo flamboyant 
... quando floresce deixa a paisagem colorida e bela ...
   


é hora do recreio ... está um calorão danado ...



da porteira já se avista a bela plantação de mandioca ...
...um verdadeiro "mar verde" anunciando que já está próxima a colheita 

Que o Senhor nos abençoe e que venha uma boa safra !

terça-feira, 5 de março de 2019

Pastoral da Criança : "A importância do brincar"


Porque brincar é fundamental para uma criança 


Mais do que apenas passar o tempo , brincar é fundamental para o desenvolvimento da criança . A brincadeira é a principal forma de expressão da criança .É através da brincadeira que a crianças aprende a observar e interagir com o mundo .

Na brincadeira as crianças aprendem lições importantes , que levarão para a vida adulta abrindo espaço para uma melhor sociabilidade , disciplina , obediência a regras , partilha , companheirismo e respeito ao espaço do outro . É um desenvolver crescente de sua autonomia .

No entanto , temos percebido nos dias de hoje que vem diminuindo as oportunidades para as crianças brincarem fora de casa e ao ar livre , seja pelos riscos do trânsito ou insegurança na própria vizinhança que também se recolhe protegendo-se da violência

O desafio da pastoral da Criança é criar momentos para que as crianças possam brincar juntas , perto dos pais , mas em liberdade , buscando estratégias para promover espaços seguros ou mesmo ao ar livre quando possível.

E foi assim pensando e atendendo a uma das metas da Pastoral , que neste mês no nosso encontro mensal celebrativo reunimos mães e crianças para uma tarde agradável de música alegre e brincadeiras saudáveis dentro do contexto carnavalesco da semana .





Momentos Pastoral da Criança 

Momento para exibir o charme da mamãe


puxa... quanta bexiga ... mamãe , me ajuda a carregar ???...


os três mosqueteiros ....

e vamos lá , Maria Eduarda e Lucas , também puxaram  o cordão ...

e essa dengosinha é a princesa SOFIA ...

Amigos para sempre ...


E haja braços pra acolher essa criançada...


Xiiii... fizeram troça com a brinquedista !!!



Xiiii.... também quero dançar ... Ninguém vem me pegar ???


Vamos  lá, bota um sorriso no rosto ...é hora de alegria...