quarta-feira, 5 de novembro de 2014

Um giro pelo meu quintal

A Manhã de terça feira mostrou-se bem favorável a uma atividade extra casa.
Nada como uma manhã fresca e tranquila, sem ventos precipitados e livre daquele sol escaldante , para que logo nos animemos a cuidar daquelas plantinhas lá do fundo do quintal. 

O meu antúrio , pobrezinho há tempos estava precisando de nova “limpeza” em suas folhas.
É que as insaciáveis cochonilhas não lhe dão sossego. Parece até que o elegeram como sua planta favorita. 
Foi preciso lavar folha por folha , com uma escovinha mergulhada em água com detergente. Só assim para eliminar as cascorentas , que grudam feito  carrapato
 As folhas amareladas e sem brilho é consequência do ataque das cochonilhas.

.
epipremnum_pinnatum
Um trato na minha “jiboia”,, uma planta muito conhecida e que se multiplica facilmente, replantados os próprios galhos. Gosto dessas suas listas amarelo-ouro em contraste com o fundo verde.
Eu não sou muito boa no “trato com as plantas". Pois até minha jiboia estava raquítica e sem vida. 
Mexi a terra, coloquei um pouco de adubo e finquei uma boa estaca no centro do vaso para que ela se alastre
Ela não suporta a luz direta do sol e gosta de bastante água. Mas com esse calor insuportável que anda fazendo por aqui, a terra rapidamente fica seca. Talvez por isso o atraso no desenvolvimento. Isto sem falar que ela também é um dos “pratos preferidos” das cochonilhas. , aquela branquinha que parece um pedacinho de algodão grudados bem na junção da folha com o caule .
Cochonilha é um bichinho teimoso. Quando gruda é “um deus nos acuda”. Difícil de acabar . Já falei deles aqui.
e também aqui
Eu , sinceramente, não sabia que esta folhagem tinha esse nome exótico. Para mim ela é a minha folhagem com folhas em forma de coração...

O singônio , uma planta de efeito decorativo e que fica muito bem aqui no cantinho da minha cozinha. Já tentei substituí-lo por uma planta de “ar mais nobre”, mas ninguém melhor prá alegrar minha cozinha do que essa simples folhagem.
Ela se esparrama no seu cantinho, exibindo suas folhas entremeadas de verde mais claro ( as mais novas ) e verde escuro para as folhas mais velhas.  É de fácil cultivo, também gosta de umidade e por incrível que pareça também é alvo das cochonilhas . Elas grudam nas nervuras e caule das folhas e tiram o viço da planta. Preciso estar sempre atenta prá não deixar que as “intrusas” tomem conta. Uma boa poda nas folhas atacadas, resolve por um tempo.
E como ela fica logo acima do antúrio,  "emprestam" as visitas uma a outra..


A renda portuguesa é o meu xodó. A riqueza de recortes e subdivisões em suas folhas , justifica o nome. Gosta de meia sombra e rega diária.. No inverno as folhas ficam amareladas e caem. Mas vale a pena esperar pelo ressurgir de novas folhas.. É como se ela fosse buscar na profundeza de suas raízes forças para se superar em beleza e nos presentear com o mais belo verde que a natureza pode produzir.
Vi na Internet orientações para a poda das folhas quando estiverem amarelecidas. Mas não é preciso. Elas caem naturalmente. E pode esperar que logo atrás já vem vindo um broto.
 A minha planta  já tem uns dez anos que está no mesmo vaso, as raízes todas trançadas. Mas a brota é sempre maravilhosa.

Também nunca tive problemas com praga. Dizem que uma certa lagartinha verde costuma visitá-la devorando as folhas e atrasando seu desenvolvimento.
Eu a considero de fácil cultivo. E me dou bem com ela. Está sempre lá a me encher os olhos com sua folhagem delicada . E o principal, não exige muito.... rssss

Porque eu , para cuidar de plantas , sou uma negação. Eu até que tento, mas ...

 "Cuidar das plantas é cuidar da vida . É arrancar os sentimentos "Intrusos " do coração, para renascermos de alma limpa"



12 comentários:

  1. Acredito que deves cuidar bem Tens há 10 anos essa renda portuguesa que é linda e cuidas bem das pragas todas! isso é carinho e elas retribuem! bjs,chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é como eu disse , Chica, eu até que tento... rsss

      Excluir
  2. Gostei de passear pelo seu quintal. Ele parece pequeno, mas vc sabe muito bem aproveitar os espaços. Tb gosto muito de plantas e às vezes dou sorte com algumas. Muito linda sua "saia rendada" , ou melhor "renda portuguesa". Eu

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como vc é perspicaz. Realmente , tenho pouco espaço, mas estou sempre plantando alguma mudinha . E fico triste quando tenho que me desfazer de alguma. Abcs.

      Excluir
  3. Gostei de ver as suas bonitas plantinhas, Edite! Vejo que vc tem jeito sim de cuidar delas... Como foi descrevendo, senti assim...
    Parabéns pelo trato e pelos bons resultados...
    Um abraço...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. quando "elas me obedecem", dá tudo certo rsss

      Excluir
  4. Amo plantas. Não é fácil cuidar delas em apartamento, mas insisto. Já fui enganada ao adquirir algumas, que me disseram propícias para ambientes fechados. Quando abro a porta e vejo planta, me alegro. Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho uma delícia abrir minha porta e dar de cara como manacá ou a diplodênia florida, saudando-me. Bjs

      Excluir
  5. E tão gostoso, né Edite? Eu tenho muitas violeta, estão sempre com flores e sempre em destaque dentro de casa. Os antúrios, os lírios da paz, quando estão com flores vem pra sala e quando não, vão para o quintal e, muitas vezes, ficam esquecidos... Essa semana trouxe o lírio da paz pra dentro: está com 3 botões! BJks Tetê

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Taí uma florzinha que acho linda, mas não consigo mant^-las com flores : as violetas. Já tentei cultivá-las , mas elas acabam minguando e morrem. Agora me apeguei tb com as orquídeas. Qualquer dia mostro-as aqui. Bjs.

      Excluir
  6. Oi Edite!
    Percebi que curte muito folhagens, como a minha mãe.
    Eu já curto flores e mais flores. :)))
    AMO, sou PERDIDAMENTE APAIXONADA por orquídeas, mas, infelizmente, todas as flores que tentei cuidar morreram na minha mão.
    Por isso, nem tento mais. rs.
    Beijos e um ótimo findi.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. flores, Mi. Enfim, sou apreciadorara da natureza. Ela nos traz boas energias.Em outro post, pretendo falar das flores. Espero que goste. Bjs . BFDS

      Excluir