domingo, 19 de janeiro de 2020

OLHAR SEM VER


Acostumados que estamos a uma super abundância de imagens e informações , estamos sempre ligados no piloto automático, tornando-se uma tarefa difícil a seleção daquilo que queremos ver . Na nossa pressa costumeira diária eu me deparo diariamente com tantas informações e encontros que ficam apenas no olhar distante e superficial .

 Precisamos desacelerar um pouco e prestar atenção em todas as direções ao longo do caminho .
Um momento que curto bastante é o horário de minha caminhada matinal . Este é o momento que me desligo de tudo e saio despreocupadamente a tudo observando . Não só a Natureza , mas também as pessoas. a cidade despertando...

 É gratificante passar fazer um comprimento , observar a lida diária para o trabalho , a diligência das mães que levam seus filhos para a creche ou os estudantes com suas mochilas coloridas , que apressadamente  se dirigem ao colégio. 

À beira de meu caminho gosto de observar a diversidade de plantas , colhê-las quando me agrada ou até disparar numa corrida quando ouço e vejo ao longe um big de um cão prestes a atacar a intrusa .

Assim é minha caminhada pela manhã , movimentada e cheia de emoções .  Eu não apenas olho num gesto mecânico de dirigir mecanicamente meu olho de um lado para o outro . Eu olho e observo , Eu olho e vejo , analiso , aprofundo meu olhar. Isto quer dizer ter um olhar mais apurado . Não apenas olhar por olhar .

Assim deve ser também nosso olhar para o mundo . Não apenas um olhar de crítica, desaprovação ou de banalização  dos acontecimentos . É preciso exercitar o nosso olhar , sair da contemplação para a concentração , reagir a estímulos , sentir-se parte de um todo e apurar a sensibilidade . Abrir-se ao desconhecido e ao novo.

O poeta Manoel de Barros endossa que “o olho vê”, mas que “é a imaginação que transvê” (BARROS, 2004, p.74), que transfigura o mundo, que faz outro mundo. “A transfiguração é a coisa mais importante para um artista”. E eu acrescento que não só para o artista, ela é importante para todo ser humano, pois esse exercício possibilita enxergar além, ver, no singular, o universal e na parte, o todo. Ver o ser e a aparência, a presença e a ausência, o visível e o invisível. Ver com olhos de criança que se espanta com o novo, mas mergulha com ludicidade e explora o desconhecido com curiosidade.


**************************************************************************************
Esse tema "olhar sem ver " surgiu-me após um acontecimento rotineiro em que percebi esse meu descaso com o "ver" na sua essência, o aprofundar no olhar. Eu pretendia relatar o fato , e ao final acabei escrevendo sobre o que aprendi com ele: " Manter sempre um olhar mais atento ao meu redor, , refletir ,  analisar e através de minhas vivências pensar em como posso contribuir para gerar uma transformação social na área determinada .

Muito pouco pude fazer no momento por aquela senhora  que na minha pressa quase ignorei .
Ao ser interpelada por ela , voltei , conversei um pouco com ela e a atendi naquele momento . Foi o que pude fazer . Mas a situação em que se encontrava me tocou . Talvez nunca mais a veja , mas minhas ações , meu olhar diferenciado pode propiciar oportunidades de minorar tais casos . 

Não posso consertar o mundo , mas posso minorar situações ao meu redor .

Edite 




 


terça-feira, 14 de janeiro de 2020

ERA UMA VEZ...



Era uma vez...
Assim começam os contos infantis onde sempre há um herói ou hroína e ao final tudo termina em alegria e felicidade : “ e viveram felizes para sempre !”

Mas o conto que vou lhes contar de magia não tem nada . Pelo contrário tem muito de horror e crueldade .
Também não teve um final feliz . O que ocorreu com Emanuelle , a nossa personagem do conto verídico é monstruoso e cruel .
Não houve príncipe encantado que livrasse Emanuelle das garras do monstro . Não houve caçador valente que protegesse a bela e ingênua garotinha das mãos do lobo mau .

Emanuelle , garotinha esperta de 8 anos gostava de brincar no parquinho perto de sua casa . Tão perto que a mamãe a vigiava de longe . Muitas crianças ali gostavam de brincar . Afinal , que perigo pode ter brincar no parquinho ao lado de casa e numa cidade tão pequena como Chavantes , onde toda a população “pensa” que se conhece?

Isso mesmo , “pensa que se conhece “ , porque o lobo mau era vizinho de Emanuelle . E o perigo se esconde onde menos se espera . O perigo mora ao lado .

Emanuelle brincou , brincou ! A mamãe a chamou uma , duas , tres vezes . Mas Emanuelle sempre pedia prá brincar mais um pouquinho . Até que finalmente ela decidiu que deveria obedecer aos apelos da mamãe e ir para casa .

E tudo aconteceu tão rápido que ninguém percebeu que sorrateiramente o lobo mau se aproximou da menina . Tão silenciosamente como se aproximou , também sutilmente a levou com o pretexto de irem até um pomar próximo colher mangas para presentear a mamãe .Os dois pedalaram lado a lado , a vítima inocente sem saber que caminhava para o covil .

Quatro dias procurando pela menina . Policiais envolvidos , cães farejadores , voluntários...  A cidade toda num clima de ansiedade e tensão : O que teria acontecido com a garotinha? 

Na madrugada de segunda feira o corpo foi encontrado num matagal numa área rural próxima .O réu confesso Agnaldo, 49 anos  , depois de friamente fingir ajudar nas buscas indicou o local onde havia “desovado” o corpo da inocente criança .

Emanuelle foi morta a facadas . Não se concebe crueldade maior .Conhecemos nossos vizinhos , mas não sabemos quem realmente são . Aguinaldo é criminoso reincidente . Verificando sua ficha criminal a polícia descobriu que há 30 anos atrás esteve pagando pena por ter assassinado o irmão numa discussão .

O que se espera de um perfil assim ? Mas , infelizmente não temos bola de cristal . Por isso nos dias de hoje onde a maldade anda solta , todo cuidado é pouco.

Crianças precisam ficar sob o olhar vigilante dos pais . Temos acompanhado o caso de tantas crianças vítimas da violência brutal nas mãos  de inescrupolosos brutamontes. Toda precaução nunca é demais .

Nada justifica tal ato violento . A justificativa pelo crime é banal:  vingança contra a mãe da menina  . Mas a polícia está investigando e vai descobrir a verdade .

Enquanto isso , Emaneuelle se foi ! Tantos sonhos interompidos , tanta vida por viver
quantas realizações que não acontecerão...


Seus olhinhos brilhantes... seu sorriso doce , seu semblante alegre, certamente   não morrerão no coração daqueles que realmente a amaram

Emanuelle … mais uma estrelinha no céu a brilhar


Com certeza Emanuelle subiu os degraus para a glória celestial ao lado do Senhor e seus anjos .

Descanse em paz, Emanuelle !

***************
Fonte : 













domingo, 1 de dezembro de 2019

PRICESINHA DA SERRA : Parabéns pelas conquistas





Echaporã , minha terra adorada .
Aqui cresci , aqui me formei professora
aqui edifiquei minha família .
Já coloquei no papel ,
quer em versos , quer em prosa
meu indefinido amor por ti , terra sedutora
Sempre permitindo que escorressem pelas letras
meu infinito amor e orgulho
que tenho por esta terra promissora
Afinal , que cidade não inspira
os sentimentos e admirações mais variados
que não possam ser traduzidos em palavras?
Admiração que se traduz quer em poesia ,
quer em notas musicais de grande maestria

Esta é a minha pequena Echaporã
cantada em versos , citada em prosa
Admirada pelos filhos da terra como eu
admirada também pelos que a adotaram
como cidade símbolo de acolhimento e amizade
Saudosa para os que se vão
Homenageada pelos que aqui ficam

Echaporã que me viu crescer
Comigo cresceu também
Enquanto eu criança de pés descalços ,
brincava despreocupada
pelas ruas empoeiradas
 e ainda não pavimentadas
Echaporã projetava nova aurora ,
 novo despertar
Buscando transformação
 para o futuro daquela geração

Quanta emoção
neste meu escrever
Quantas lembranças evocadas
Cresci com a cidade
A cidade cresceu comigo
De criança de pé no chão
À adulta bem formada
De cidade em formação
À cidade bem estruturada
Bem organizada
e sempre bem administrada .

Meu coração se enche de gratidão
pelo crescimento abençoado
Nunca se conformando
com críticas infundadas
Mas sempre buscando a força
Em Jesus, nosso Senhor
Que deu-nos como defensora
Sua mãe Aparecida
Nossa grande protetora .

Echaporã , terra querida
Cidade de grande progresso
Já alcançou grande sucesso
Terra que me viu nascer
Terra que me viu crescer
Também aqui quero morrer

EDITE

30 de novembro : 81 anos de caminhada
 Echaporã , parabéns pelas conquistas . Acredito que ainda conquistaremos muito mais . Terra abençoada e de grande valor .
Nossa Senhora Aparecida , nossa guardiã , não desampara seus filhos ! Amém !


Hino a Echaporã 





Ó Princesinha da Serra do Mirante
do céu cintilante sempre a nos encantar
Belas paisagens , natureza cativante
Cidade amiga , nossa terra , nosso lar
Gente amiga laboriosa e bonita
Por toda sua rica miscigenação
Por ti lutamos ó cidade bendita
Te adoramos nosso glorioso chão

Echaporã , Echaporã
A ti cantamos este hino de louvor
Echaporã , Echaporã
Tu és abençoada pelo Criador

De Bela Vista chamada de primeiro
Depois Echaporã nasceu assim ditosa
Demos graças aos nossos pioneiros
E à natureza que a ti foi tão generosa

Que Deus proteja esse povo tão amigo
E ilumine esta terra de esplendor
Que domina nosso rincão sereno

Berço de paz , felicidade e amor

autor não identificado















quinta-feira, 28 de novembro de 2019

DIA NACIONAL DE AÇÃO DE GRAÇAS


Agradecer , gesto nobre de grandeza humana que todos deveríamos ter .
Ser gratos a todos que nos fazem bem ! Agradecer pela vida , dom maior , presente de Deus

A vida , nosso maior tesouro, bem precioso pela qual nunca devemos nos esquecer de agradecer , olhar voltado para o alto , para Aquele que nos propicia tantos benefícios e se a dor advem , nos fortalece e não nos deixa perder a esperança de dias melhores .

Deus é bom ! Preparou para nós a grandiosidade desse planeta de onde tudo tiramos para nosso sustento e nos presenteou com incontáveis maravilhas .

É preciso reconhecer a plenitude de Deus em nossas vidas, nos concedendo a existência emoldurada por esta bela natureza que nos fala de SuaPresença em cada cantinho , em cada sinal.

A virtude da gratidão está presente na Bíblia Sagrada em várias páginas, onde encontramos os Salmos “ rendei graças ao Senhor porque Ele é bom"

O render graças vem de tempos antigos e repercute ao longo da História da humanidade .


SALMO 65: 9-13

    1. Fazendo chover, mostras o teu cuidado pela terra e a tornas boa e rica. Com as chuvas do céu enches de água os rios, e assim a terra produz alimentos, pois para isso a preparaste.

    2. 65.10 Regas com muitas chuvas as terras aradas, e elas ficam amolecidas pela água. Com as chuvas, amacias bem as terras, e por isso crescem as plantações.

    3. 65.11 Como é grande a colheita que vem da tua bondade! Por onde passas, há fartura.

    4. 65.12 Os pastos estão cobertos de rebanhos, e os montes se enchem de alegria.

    5. 65.13 Os campos estão cobertos de carneiros, e os vales estão cheios de trigo. Tudo grita e canta de alegria.






domingo, 24 de novembro de 2019

In memorian: Gugu Liberato



Morre gugu Liberato , grande ícone da Televisão Brasileira .
 Este acidente de Gugu que o levou à morte de forma brusca e fatal nos faz  refletir sobre a vida . Como é efêmera . Num momento estamos aqui , instantes depois  a vida nos prega uma peça . Surpresa desagradável , impensável por cada um de nós .

   A vida corre bela , harmoniosa com a família . Tudo é alegria em visita à casa nova,  recem adquirda . Planos para o Natal em família ... de repente , um vazio se abre . ..Correria , hospital , UTI ...  abate sobre cada um de seus familiares a dúvida quanto à recuperação da pessoa amada . Noites sem dormir , agonia ... desespero , orações ! Enfim a temida notícia : não houve recurso médico que impedisse sua última viagem . O Senhor o chamou ! Descanse em paz , Gugu Liberato ! 

Cada um tem a sua opinião sobre a morte de Gugu Liberato . Eu , particularmente não vou dizer que era fanzaça de seus programas .  Mas reconheço o seu talento , sua garra em conquistar seu espaço dentro da Televisão brasileira. 
Por isso deixo aqui essas simples palavras que externam meu sentimento pelo comunicador que a TV brasileira perde . Deixo meus sentimentos à família que certamente precisará de muita fé , buscar forças em Deus neste momento de dor , em que perdem não só o comunicador, empresário bem sucedido , mas o pai , o amigo , o marido e também filho , uma vez que sua mãezinha já tão idosa terá também que conviver com a dor da perda do filho amado .

Abaixo um texto que poderá traduzir em palavras o que é a vida , sua efemeridade  e conclusóes reflexivas sobre a mesma .



Recebi o texto pelas redes sociais . Desconheço o autor



O falecimento do apresentador Gugu Liberato causou comoção nacional por vários motivos.
Mesmo os que não apreciam programas de auditório da tevê aberta reconhecem que ele fez história no comando de diversas atrações.
Além disso, as circunstâncias da morte nos chocam mais porque ele não foi vítima de uma terrível doença, de um grave acidente de trânsito ou da violência urbana, por exemplo.
Uma queda em um momento tão comum, em sua própria casa, colocou um ponto final na sua trajetória terrena de 60 anos.
É claro que cada um tem uma forma de interpretar essas situações de perdas repentinas, normalmente levado pela sua espiritualidade. Ou até pela falta dela.
Mas, independente da forma como digerir essas histórias tão tristes, em meu coração agora pulsam dois sentimentos: o de compaixão pelos familiares e o de inquietação por, mais uma vez, a vida esfregar na minha cara o quanto ela é efêmera.
Uma efemeridade que pode durar 60 anos ou 6 meses, como no caso de tantos bebês que partem precocemente.
E, se falar da morte é tão doloroso e quase assustador, talvez fosse o caso de a gente falar mais sobre a vida.
Sim, porque a data em que deixaremos o palco não nos pertence (e eu nem queria saber mesmo), mas todos os dias, quando acordamos, temos o privilégio de uma nova oportunidade para fazer valer a pena.
Isso significa pular da cama cantarolando? Significa ver o lado bom das coisas durante as 24 horas?
Não.
Significa que, mesmo em meio aos desafios, vamos compreender que a vida é sim uma dádiva.
No meu caso, como alguém que crê em Deus, um presente vindo Dele.
Por isso, enquanto por aqui estivermos, façamos ser leve e intenso.
Leve no sentido de não tornar maior aquele problema que, no fundo, a gente sabe de que vai dar conta.
Intenso no sentido de deixar marcas boas por aonde quer que passemos.
A grande Cora Coralina um dia escreveu "não posso dar mais dias à minha vida, mas posso dar mais vida aos meus dias".
Eu li esse pensamento dela há alguns anos e tomei posse.
Não é tarefa fácil, mas tenho me esforçado.
Quero mais vida aos meus dias.
Pelo menos enquanto eu tiver dias pra viver.

quinta-feira, 21 de novembro de 2019

Consciência Negra ou Consciência Humana ?



Consciência negra ou consciência humana?
As duas se completam,pois reconhecendo que sou humano como todos minha consciência pede que olhe ao redor e veja a linha divisoria
ainda que sutil e disfarçada, que exclui os negros,poda oportunidades, discrimina e
humilha.




segunda-feira, 11 de novembro de 2019

TEXTO REFLEXIVO: OS FILHOS DO QUARTO



O texto abaixo recebi por mensagem . Li e identifiquei nele muitas verdades acontecendo nos dias atuais . De tempos de liberdade onde tínhamos crianças fazendo peraltices “saudáveis “ como brincadeiras na frente de casa que incluiam os amigos da vizinhança , aventuras no riacho próximo da cidade , sair em bando para colher frutas dos pés de frutíferas , e tantos outros jogos e brincadeiras que ficaram para trás .

Hoje os celulares, tablets e ipods tomaram o lugar dos folguedos ao ar livre . Vemos mães reclamando de filhos que mal chegam em casa , jogam a mochila num canto qualquer da casa e imediatamente se reclusam no quarto onde passam a tarde em joguinhos por celular , mensagens de WhatsApp e redes sociais .

Os pais na correria do dia a dia , ocupados com o trabalho , não tem esse tempo para um momento mais família com todos reunidos à mesa de refeição , passeios em fam[ilia , porque para muitas mães , o sábado e o domingo ainda são dias de trabalho . E muitos pais , aos finais de semana também com a desculpa do cansaço semanal , mal tem tempo para os filhos .

A convivência mais próxima com os filhos, a presença , o diálogo , favorecem a comunicação entre as duas partes, possibilitando oprtunidades de aprendizado entre ambos , criando empatia dos dois lados , estabelecendo situações de admiração e respeito.

Poderia dizer muito mais sobre a comunicação entre pais e filhos nos dias de hoje , mas vou deixar que leiam o texto e tirem suas próprias conclusões .


OS FILHOS DO QUARTO!

NÃO DEIXE DE LER
Antes perdíamos filhos nos rios, nos matos, nos mares, hoje temos perdido eles dentro do quarto!
Quando brincavam nos quintais ouvíamos suas vozes, escutávamos suas fantasias e ao ouvi-los,
mesmo a distância, sabíamos o que se passava em suas mentes.
Quando entravam em casa não existia uma TV em cada quarto, nem dispositivos eletrônicos em suas mãos.
Hoje não escutamos suas vozes, não ouvimos seus pensamentos e fantasias, as crianças estão ali, dentro de seus quartos, e por isso pensamos estarem em segurança.
Quanta imaturidade a nossa.
Agora ficam com seus fones de ouvido, trancados em seus mundos, construindo seus saberes sem que saibamos o que é...
Perdem literalmente a vida, ainda vivos em corpos, mas mortos em seus relacionamentos com seus pais, fechados num mundo global de tanta informação e estímulos, de modismos passageiros, que em nada contribuem para formação de crianças seguras e fortes para tomarem decisões moralmente corretas e de acordo com seus valores familiares.
Dentro de seus quartos perdemos os filhos pois não sabem nem mais quem são ou o que pensam suas famílias, já estão mortos de sua identidade familiar...
Se tornam uma mistura de tudo aquilo pelo qual eles tem sido influenciados e pais nem sempre já sabem o que seus filhos são.
Você hoje pode ler esse texto e amar, mandar para os amigos.
Pode enxergar nele verdades e refletir. Tudo isso será excelente.
Mas como Psicopedagoga tenho visto tantas famílias doentes com filhos mortos dentro do quarto, então faço você um convite e, por favor aceite !
Convido você a tirar seu filho do quarto, do tablet, do celular, do computador, do fone de ouvido, convido você a comprar jogos de mesa, tabuleiros e ter filhos na sala, ao seu lado por no mínimo 2 dias estabelecidos na sua semana a noite (além do sábado e domingo).
E jogue, divirta-se com eles, escute as vozes, as falas, os pensamentos e tenha a grande oportunidades de tê-los vivos, "dando trabalho" e que eles aprendam a viver em família, se sintam pertencentes no lar para que não precisem se aventurar nessas brincadeiras malucas para se sentirem alguém ou terem um pouco de adrenalina que antes tinham com as brincadeiras no quintal !"
Cassiana Tardivo
Psicopedagoga
Ressalto, na conclusão desse texto, a nossa responsabilidade em tentar transformar o lugar no mundo em que vivemos em espaços cordiais, gentis, esperançosos e respeitosos.