terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

Vamos rimar um pouco

Não sei porquê nesta manhã chuvosa ...


                                   veio-me a ideia de rimar ,                                 
 talvez para encantar ,
 ou seja para agradar , 
ou talvez por não ter 
com que me entreter 
                          

             Então , prá não fazer vergonha
Sem nenhuma parcimônia
       me pus logo a estudar 
 e veja o que fui encontrar 


São 4 tipos de rimas ,
 preconiza a língua portuguesa 
Vou começar a rimar 
 mesmo sem ter certeza  
onde vai minha rima se enquadrar


Os experts em literatura , por certo disso tem conhecimento 
 São 4 os tipos de rimas , que me deixaram no tormento

Rima  pobre , rima  rica ,
 rima rara , rima preciosa 
 Não sei em qual delas me enquadro 
mas vou dar uma de pretenciosa 



Então vamos lá a rimar 



No início da madrugada 

chuva batendo na calçada
Embalando o coração 
como uma suave canção



Choram os céus , 

choram todas as flores 
chora toda a natureza 
 procurando recuperar a beleza 
em meio a tantas dores 
Não é um choro de dor
 mas uma demonstração de amor 




Como aves agourentas 

Nos céus pairam nuvens cinzentas 
às vezes nos causam aflição 
Dificultando nossa visão
Mas em Deus confiando
Em breve veremos o sol brilhando 




Nuvens no céu cinzentas 

mesmo parecendo agourentas 
 não conseguem esconder 
e é sempre um convite a ver
 a beleza do sol a irradiar
 e nos convidar a amar

domingo, 11 de fevereiro de 2018

Pois sim , é carnaval !



Enfim é Carnaval! Os dias são intensos e de muita alegria .

 Brasil inteiro cai na folia. Tudo parece ficar mais colorido  para quem curte .  Tudo parece fluir na magia das fantasias e dos passos na avenida . É um desejo único e extremo o querer  brilhar nas passarelas .

 Há quem goste , há quem não goste ! Há quem dá a vida para brilhar na avenida . Outros se contentam em apenas observar . 

Uns se retiram para rezar , outros preferem viajar ou acampar em ranchos rurais .
 Enfim , seja rezando , dançando na avenida ou viajando, o bom mesmo é curtir o feriadão. Afinal são 3 ou 4 dias para "deixar a tristeza prá lá " . Dias para fugir da rotina.

Na quarta feira de cinzas , tudo começa a voltar ao normal . Alguns satisfeitos , outros preocupados . Muitos trazem saudades , outros preocupações . Afinal a falta de limites nos dias de Carnaval pode trazer consequências irreversíveis .

Por mais dois dias ainda a folia continua . Termine seus dias carnavalescos com alegria e não trazendo melancolia .




sábado, 10 de fevereiro de 2018

Manhãs de chuva também tem o seu valor

UMA MANHA CHUVOSA
Abro os olhos devagar , desperto ! Um barulhinho como que de água caindo atrás da casa chama minha atenção. Penso comigo : "Novamente travou o mecanismo da bóia na caixa d´água em cima do telhado.  Está vazando água pelo ladrão" Tem acontecido sequencialmente nos últimos meses.

Sentidos alerta , abro a janela devagar . E não é que está chovendo ?
Uma chuva mansa,dessas que embalam sentimentos e despertam lembranças . 
Fico um pouco ali na janela a contemplar aquela serenidade . Restos da madrugada ainda presente na meia escuridão , a brisa fresca batendo no rosto .
Pudera ! O calor da noite foi insuportável .

É bom olhar a chuva pela janela . Traz nostalgia , mas também uma leveza na alma . 
Um dia de chuva pode ser lastimável para alguns , bonito para outros ,poéticos e inspiradores para os mais românticos .Enquanto que para alguns outros  pode significar vida que se renova após período de longa estiagem . Tudo depende da expectativa e da ótica de quem vê. .

Eu , particularmente , naquele momento pensei que seria uma boa hora para retornar aos lençóis frescos. E saboreando uma boa xícara de café , ficar ali no leito ao som da suave melodia dos telhados . Me postar em frente à TV ,às vezes atenta ou mesmo deixando o pensamento divagar entre o tudo e o nada , enquanto as vozes da TV se perdessem absorvidas pelas minhas lembranças …

Mas , a vida pede urgência . Hoje não dá para satisfazer meus desejos de luxo  . Um compromisso me espera . 
Depois da rápida higiene matinal e já tendo feito minha primeira refeição  , eis-me à rua que se encontra silenciosa e vazia . A manhã de sábado se encontra silenciosa e coberta por uma leve neblina. Ninguém à vista . Hoje não temos o movimento dos estudantes que com sol ou chuva despertam a manhã com suas mochilas coloridas .

Tento caminhar na chuva . Afinal , a escola-polo fica perto de casa . Mas a chuva ainda é intensa . Minha sombrinha não é suficiente para me proteger dos respingos da mesma . Assim , vou ficar encharcada até chegar ao meu destino .

Volto e tiro o carro da garagem . Em poucos minutos estou lá . Surpresa a monitora me olha . Claro que pensou que eu não iria , como disse ao final da aula . Mas , compromisso é compromisso!Apesar da chuva , eu estava lá ...E muito bem disposta ...

E posso dizer que valeu a pena . O módulo de hoje foi realmente muito produtivo e ajudou a ampliar meus conhecimentos ..

Edite 




Bem poetizou Fernando Pessoa : "Cada dia com sua beleza , seja ele de sol ou de chuva !"


































segunda-feira, 5 de fevereiro de 2018

MEU PASSADO ME CONDENA



Não devemos julgar e muito menos condenar alguém pelos erros do passado . Muitos depois de muitas peripécias na vida um dia acabam por encontrar um outro caminho e encaram seus erros do passado como uma lição de vida .

Mas , também não adianta dizer que só as atitudes do presente é que contam . Por mais que a conduta tenha tomado rumos melhores sempre haverá o fantasma do passado a rondar . E ao menor desvio cai por terra a “fachada “ de bom rapaz, sobressaindo sempre o erro .


Um passado recheado de atitudes negativas , erros indubitáveis , sempre deixa marcas . Muitas, difíceis de serem apagadas . “Esquece-se-se” delas momentaneamente ou convenientemente. Finge-se conviver bem com as mazelas do passado.  Mas elas estão ali , sempre apontando o dedo acusador

Ter uma perspectiva de vida melhor envolve mudança não só de posturas , mas também é preciso abandonar amizades perigosas para nosso caminhar . Não fique preso ao passado . Mantenha o foco no presente para ter um passado de boas recordações e o futuro dependerá de por onde você andou e o que fez.

Muitos jovens , na sua impulsividade da juventude agem falta de experiência e irresponsabilidade. Acabam por se envolver com falsas amizades que colaboram a para que se aprofundem na lama .

Os anos passam , a idade chega e talvez um pouco tarde demais procuram se encaixar na sociedade ,formar uma família . Seu passado também não colabora para que seja bem sucedido na escolha de sua parceira . Vem o primeiro filho e agora são três a sofrer com as consequências do passado torto . Um verdadeiro tripé onde apenas dois são o sustentáculo e o terceiro depende do equilíbrio das duas hastes. SE não houver um bom equilíbrio sofrerá , claro, a haste mais fraca .

Muito triste e inadmissível essa situação onde presenciamos a criança indefesa ainda tão pequena, vítima do erros dos pais e correndo o risco de ser tirada dos lar por irresponsabilidade e abandono de menor .

Corta o coração quando ouvimos do envolvido : Já não adianta mais . Eu estou marcado . Perdi a credibilidade . Nada que eu faça ou fale colabora para que eu deixe de ser rotulado . Ah , se eu soubesse que tudo ia terminar assim....Mas não dá para voltar atrás !

E então ,o que tem feito para mudar seu presente ?
Com os olhos voltados para o passado e lamentações não se consegue construir um novo começo .

É focando no presente , construindo uma vida nova para ter boas recordações passadas, que consequentemente o futuro surgirá mais promissor .

edite 







segunda-feira, 29 de janeiro de 2018

Tarde quente , tarde chuvosa



Na pequena sala , janela escancarada 
Sentindo o calor abafado do verão
Na longanimidade quase adormeço
Em frente a TV a ver a programação

Quando dei por mim 
O céu totalmente escuro
Anunciando chuva repentina
Que vinha refrescar o período vespertino

Pingos tímidos começam a cair
A brisa fresca a penetrar pela janela 
Embalando suavemente o cortinado
Refrescando o ambiente 
Que pedia aconchego

Fico ali em minha companhia 
Pensamentos perdidos na mente 
No aparador a xícara de café quente
A esperar que eu saia da letargia  

edite lima

sexta-feira, 26 de janeiro de 2018

Deixando a mente vaguear


Chegamos ao supermercado !O mesmo vai-vem de sempre .
Carros que chegam , carros que saem
Pessoas empurrando carrinhos , outras saindo com pequenas sacolas...
Como sempre , muito movimento ali naquele pequeno espaço entre o estacionamento e a porta de entrada .

É sempre assim , qualquer que seja o dia da semana há sempre muita gente .
Afinal, é próprio do ser humano satisfazer em primeiro lugar as necessidades ligadas à sua sobrevivência . E a alimentação é uma delas .

Não sou muito amiga de supermercados . Então adotei uma medida prática . Enquanto estou na cozinha entre minhas panelas , vou anotando num bloquinho tudo que percebo estar faltando ou perto de terminar . E assim, vou adiando minha ida ao super mercado até que tenha uma lista bem “rechonchuda” ou até o dia em que perceba que não dá mais para ficar esperando . Certos "buracos" na geladeira ou na prateleira do armário precisam ser urgentemente preenchidos .

Vou adiando minha ida ao supermercado até o último momento . E isto , porque o supermercado fica a duas quadras de casa …

Bem , então nesta tarde como estava apenas de acompanhante , decidi esperar do lado de fora.
Instalei-me confortavelmente num banco com visão bem abrangente tanto de quem entrava quanto de quem saía e enquanto saboreava minha “casquinha de chocolate"  fiquei a observar o movimento .

Quantas daquelas pessoas que ali estavam teriam feito uma compra planejada , daquelas em que se segue religiosamente uma lista?
Com a crise econômica dos dias de hoje , é preciso planejamento . Caso contrário corre-se o risco de comprar por impulso ou escolher mercadorias aleatoriamente motivado pela embalagem , pelo sonho de consumo ou pela propaganda que viu na TV. . E , muitas vezes acaba-se por desequilibrar o orçamento .

Muitos sabem disso , e então  vão ao supermercado visando aproveitar promoções . Tenho uma amiga que diz “amar” ir ao supermercado e está sempre se vangloriando das economias que faz usando esta estratégia de promoções .


Ufa ! Haja paciência para estar “todo dia “ no supermercado! Claro que os horti frutigranjeiros vão exigir uma maior frequência ao supermercado . Mas , mesmo assim , evito o máximo que posso  minha ida nesse local. Afinal faço compras apenas para dois . E, se souber me planejar bem ,terei a despensa e geladeira quase sempre bem suprida .












terça-feira, 23 de janeiro de 2018

TEMPO DE MANGAS



Mangas ...mangas...mangas...

Difícil não ouvir o som de uma manga se espatifando no chão de meu quintal . Seja durante o dia , seja durante a noite ! Plaft … ploft...
Ah, mangueira do fundo do meu quintal ! Tão cobiçada pelos que aqui passam . Alguns recolhem as que estão na calçada do quintal , outros até se arriscam em escadas para derrubar uma mais cobiçada nas alturas ou pegá-la em cima do telhado
Mangueira do fundo de meu quintal , tão bela e produtiva! Enorme como a torre de babel ! Morada das maritacas que ali também se instalaram para não perder tão saborosa comida .

E , acreditem , a mangueira não é propriedade minha , mas cresceu junto ao muro que faz limite com o vizinho e minha edícula . 

Ploft . Plaft , dia e noite quebrando telhas e derrubando vasos de meu pequeno cantinho de flores .

Claro que gosto de mangas ! Manga lembra a infância embaicxo das mangueiras colhendo fruta do pé e chupando até deixar branco o caroço . Manga lembra  sucos frescos e suculentos . Manga lembra deliciosos pratos na culinária .
Eu particularmente gosto de cortar a manga em quadradinhos e saboreá-la nas refeições . 

Em restaurantes a encontramos em saladas nas mais diversas combinações . Nos supermercados chamam a atenção pelo tom amarelo alaranjado ou vermelho rubro 


Palmer , hadem , tomy ou mesmo as comuns : 
mangas rosas deliciosas e perfumadas , coquinho com sua forma arredondada e doces como o mel.
Bourbons com seu sabor especial , espadas … e tantas outras. 

 Cada uma com sua característica própria, ao agrado do paladar mais apurado . Com fiapo , sem fiapo … Variedades...

Mangas , mangas , mangas … deliciosas e suculentas e vitaminadas .  
Originárias da India , Paquistão e Filipinas. 
 Manga , árvore símbolo de Bangladesh!
Mangas... que se deram tão bem no Brasil ! Queridinha dos brasileiros !

Mas prefiro vê-las nas gôndolas do supermercado ou nos pomares rurais a vê-las trazendo  sujeira e causando  outros  prejuízos no meu quintal !