terça-feira, 9 de julho de 2019

Baixas temperaturas e ações solidárias





Neste último final de semana , começo do mês de Julho , as temperaturas caíram bruscamente .

Em alguns lugares houve geada e em outros apenas o reflexo da mesma gerando grande frio, difícil de suportar até mesmo debaixo dos mais quentes cobertores ou agasalhos super aquecidos . . .

Se dentro de casa estava insuportável o frio , imagine para os moradores de rua expostos ao frio intenso e congelante da madrugada . Aqui no interior os termómetros marcaram 6 °C pela manhã, sendo que pela madrugada houve uma queda maior.

As notícias pela TV chegam logo de manhãzinha trazendo notícias tristes de mortes por hipotermia nestas madrugadas geladas . Ficamos compadecidos , tiramos nossas próprias conclusões e a nossa vidinha egoísta continua . Nosso cafezinho fumegante pela manhã , nossos poderosos agasalhos , a sopa quente , a casa bem protegida …

Afinal , foge de nosso alcance atender a tanta gente carente . Doamos um cobertor aqui , um agasalho ali , e nossa consciência fica tranquila .

"Obrigado , Meu Deus , porque tenho uma casa que me acolhe em dias frios , cobertores suficientes para a família toda , banho quente e um caldo fumegante quando chego do trabalho" !

Fechamos os olhos e dormimos o sono dos justos , protegidos debaixo de nossos cobertores que em noites geladas se transformam em pequenos fornos domésticos .

E pela manha, vem a notícia : foi encontrado morto um jovem rapaz , morador de rua , corpo encontrado numa casa abandonada da periferia , bem debaixo do seu nariz . 
Sim , debaixo dos olhos de todos nós , moradores desta pequena cidade . A cidade é minúscula e periferia e centro se confundem .

O jovem era alcoólatra , acostumado a morar e dormir na rua , a se alimentar da caridade alheia . Mas, que importa ? Ele também tinha frio . Era um ser humano que tentou se proteger nesta velha casa abandonada . Mas o frio foi além do que ele tinha para se proteger naquela madrugada .

Muitos se comoveram . Outros apenas torceram o nariz : era um alcoólatra... ...Outros criticaram o prefeito , a igreja e suas pastorais ,a ronda policial , a família que julgaram tê-lo ignorado .

Doeu , doeu muito ver aquele quase jovem ali estendido sem vida, vítima do frio intenso da madrugada . Não dá para se sentir culpada , como disse-me uma amiga . Mas , responsável sim !

Em nossa pequena cidade não temos o serviço social de recolhimento de desprovidos de proteção nestas noites frias . Nem igreja alguma , com tantas pastorais da sobriedade , pastoral social e etc, ainda não se moveu para esse trabalho de solidariedade . Nem a prefeitura também com tantos locais em desuso se dispôs até hoje a fazer esse trabalho emergencial. Muito menos policiais se dispuseram em suas rondas rotineiras a prestar atenção nesse pessoal de rua que tão bem conhecem.

E as palavras de Jesus , continuam a ressoar pelo menos em meus ouvidos : “Tive frio e me acolhestes”.

Perdoai-nos , Senhor ! Porque somos responsáveis sim, pela dignidade do ser humano . Faltou-nos a todos um olhar mais abrangente , um olhar amoroso e solidário que nos fizesse sair de nosso conforto e buscar soluções plausíveis para evitar tragédias como essa .

Que este caso seja o termômetro para que ações transformadoras possam surgir a curto e médio prazo, evitando assim novas situações que só depõem contra a administração de nossa pequena cidade e nos deixam de coração partido .



Neste inverno , doe um agasalho !
Mas , participe também de ações solidárias .
Melhor que doar um bem material é doar o seu tempo !

sábado, 15 de junho de 2019

meus 71 anos




 4...3...2...1...e a passagem acontece! Mais um ano transcorrido! Mais uma rosa colhida no jardim da vida.  Aniversariar e sempre motivo de alegria. Nao que a vida tenha sido so sorrisos. Pelo contrário,  um ano de incertezas, de dúvidas, de expectativas frustradas.

 Sao os caminhos pedregosos e íngremes que nos fazem crescer em aprendizado, forfalece nossa fé quando n'Ele confiamos e  n'Ele nos nos apoiamos. E eu sou grata a Deus por todas as graças a mim concedidas nesta fase da vida.

Completar setenta e um anos com saude e boa disposição para dar os próximos passos so pode ser benção de Deus. Então meu coração é so gratidão.  Gratidão pela vida que ainda borbulha em meu ser. Gratidão pelos amigos e familiares que me apoiam, me dao suporte e se fazem sempre presentes.

Quantos "uns"eu ainda colocarei em minha coletânea de anos?

É o que sempre me pergunto. Pensamentos que me ocorrem casualmente, mas que nao me preocupam,  porque tenho consciência do caminho já percorrido. Cada dia é muito importante. Ha caminhos ainda nao trilhados, dos quais peço  a Deus forca e vigor, coração aberto a gestos inovadores que me permitam conservar o otimismo  , afaste de mim o cansaço e o desânimo que eventualmente venham me afligir.

 Obrigado, Senhor pela missão que a mim confiastes. E se for da tua vontade, permita- me celebrar a festa da vida por muitos verões e primaveras.
s
*****************************************************************************************

justificando:   meu computador"pifou".

Estou digitando de um velho tablet, péssimo.   Mu dicil postar com ele. Consegui fazer esta postagem depois de varias tentativas. Apenas para registrar meu niver., sem conseguir postar nenhuma foto. Assim qhe conseguir usar mdh computador,  volto a postar e colocar as visitas em dia. Espero que compreendam.

domingo, 2 de junho de 2019

JUNHO ! Metade do ano , metade da vida...


Finalizando o mês de maio ontem , acabamos de dar mais um passo encerrando mais um ciclo dos meses do ano .
O tempo voa , não perdoa nunca . Esteja você triste resignada , infeliz ou guardando dentro de si sentimentos que machucam o coração , os dias correm inexoravelmente como a areia na ampulheta . Um deslizar lento , dissimulado , quase imperceptível , mas ao chegar junho querendo ou não a realidade se faz presente :2019 entra na sua curva mais acentuada .
Estamos na metade do ano !
Foram tantos acontecimentos, tantas apreensões , dores resignações, revolta , tentativa de vencer apoiada na busca pelo crescimento espiritual , no amadurecimento natural que as fortes emoções tendem a nos acrescentar .
E assim , cheguei a junho , metade do ano e metade da vida por assim dizer . É hora de ter um olhar voltado para novos horizontes possíveis que se abriram a partir do marco que ficou para trás .

Olhar para duas direções antagônicas , visualizar momentos de superação , sucesso e conquista , ter a plena sensação de que não houve falhas no quesito atendimento diferenciado , muita dedicação, carinho e paciência . Restou a saudade , a vontade de ainda estarmos fazendo a caminhada juntos . Tínhamos planos , projetos , mas Deus tem os seus para cada um de nós e sempre corremos o risco de interrompermos nossa caminhada a qualquer momento

Neste início de metade do ano meu olhar deve fixar-se mais no sentido inverso . Aprender a caminhar sozinha está sendo difícil , mas não impossível . E nesta segunda metade do ano meu objetivo é a cada dia mais superar obstáculos , vencer barreiras preconceituosas de pessoas que ainda não acreditam em minha capacidade de empreendedorismo rural .

Usando daquilo que aprendi quando caminhávamos juntos , aliado à minha sede de saber , de estar sempre buscando informações e novos conhecimentos na área, essa metade do ano que se inicia irá sempre acrescentar fórmulas novas de empresariar aquilo que me ficou atribuído .

Que esta metade do ano seja um momento de superação e contínua busca pelo crescimento espiritual e emocional, sempre procurando agir com discernimento , paciência e equanimidade .


Que venha Junho carregado de boas energias , que os bons ventos carreguem para longe toda a tristeza , fragilidade e insegurança vividas até agora . Que o sol brilhe e faça nascer sementes de esperança .



sábado, 11 de maio de 2019

Bráulio Bessa : MÃE, um pedaço de Deus me dando um pedaço de vida



 Se eu vivesse mil vidas neste mundo não seria o bastante pra te amar


Poesia de Bráulio Bessa

Mãe quantas vezes eu penso aqui sozinho
Se eu mereço um amor puro e forte
Se foi Deus, o destino, ou se foi sorte
Afinal é tão duro este caminho e
Aí chega você com este jeitinho
Me dizendo por onde caminhar
Cada pedra que eu devo desviar
Não descuida de mim por um segundo
Se eu vivesse mil vidas neste mundo
não seria o bastante pra te amar

Te amar pelas noites mal dormidas
Por pensar mais em mim do que em você
Pelas vezes que ouvi você dizer
Que a vida era cheia de feridas
E que é justo nas dores mais doídas
Que a gente aprende a suportar
Que é caindo que e aprende a levantar
Até mesmo do poço mais profundo
Se eu vivesse mil vidas neste mundo
não seria o bastante pra te amar

Te amar por ser brisa e furacão
Pelas vezes que eu tirei o seu juízo
Pelas vezes que eu estive indeciso
E você me ensinou a direção
Te amar, MÃE, por pura gratidão
Te amar, simplesmente, por te amar
Não existem palavras pra explicar
Só se pode sentir bem lá no fundo
Se eu vivesse mil vidas neste mundo
não seria o bastante pra te amar

Te amar por estar perto de mim
Não por ter seu sangue ou sua cor
Te amar só por ter o seu amor
Te amar mais pelos 'nãos' que pelos 'sins'
Te amar por plantar no meu jardim
o amor maior que se pode amar
e mostrar a forma certa de regar
este sentimento puro e tão fecundo,
se eu vivesse mil vidas neste mundo
não seria o bastante pra te amar

Sabe por quê,
Por você ser inteira em pedaços,
Por ser lar e por ser lida
Por ser mil em uma só
Por ser sempre repartida
Por ser um pedaço de Deus
Me dando um pedaço de vida! 
 
ta


quinta-feira, 9 de maio de 2019

Ameaça de temporal



No meio da tarde o céu escureceu . O sol que antes estava tímido, receoso de mostrar sua luminosidade , de repente bateu em retirada.
Quando assim acontece , sinto as pessoas desassossegadas . Não param de olhar para o céu na iminência de se encharcar na hora da saída de trabalho.
Mães ficam ansiosas e preocupadas , a toda hora olhando para o relógio e já preparando o guarda chuva para o momento de buscar o filho na escola

A saída da escola mais parece um vespeiro em situação de alerta .. Algumas crianças correm para o carro do pai que as esperam . Outras saem correndo na chuva mesmo , tamanha é a ânsia de liberdade . Chegam em casa encharcados , mas, finalmente em casa ! Outras se encolhem debaixo do guarda chuva que a mãe pressurosa correu a lhes acolher . Buzinas .. corre corre … um desassossego sem fim .

Neste momento eu me encontrava numa das salas de administração da Biblioteca municipal junto com alguns colegas que também frequentam o curso de “Empresário Rural “. A mesma movimentação ocorreu na sala de aula do piso superior de onde podíamos acompanhar pela janela o escurecer crescente do céu carregado de nuvens escuras que prometiam temporal .

Era dia de visita técnica na zona rural , na propriedade de um dos alunos . Esta visita técnica é muito importante porque estaremos vendo na prática qual a situação da propriedade e onde será preciso investir, como investir e qual a melhor opção dentro da cadeia de agronegócio que o proprietário atua . Esta visita, sem dúvida, complementa os ensinamentos teóricos feitos à distância , aprendizado este que já nos serve de subsídio.

Pusemo-nos a caminho , mas logo paramos à beira da pista na saída da cidade . As nuvens vinham escurecendo mais e mais , cobrindo todo o céu numa movimentação assustadora .

Eu, particularmente estava muito interessada na visita que , aliás aconteceria em minha propriedade , esta muito carente de consultoria. .

Infelizmente a visita não aconteceu . Impossível enfrentar aquele temporal ameaçador . Mal deu tempo de chegar em casa e estacionar na garagem .

Durante uns 40 minutos choveu torrencialmente , obrigando-me a esperar que a chuva desse uma pausa que me permitisse descer do carro .
Enquanto isso...

Chuva que cai assim num repente
chuva que mexe com a alma da gente
Deixa o coração contente
Faz o sono vir rapidamente .






domingo, 5 de maio de 2019

Botando a cabeça prá funcionar/13 : Os encantos do sítio


Hoje é dia de "botar a cabeça prá funcionar com a Chica "
E , olha eu , que pontual !  Mais uma vez não perdi o dia , que acontece sempre nas datas 5, 15 e 25 de cada mês . Essas brincadeiras com a Chica são prá lá de legal , porque fazem com que eu permaneça "ligada" nas datas . Sou muito distraída e estou sempre me atropelando com datas e/ou eventos . Tenho procurado me educar ,  aprendendo a ser  mais disciplinada  e assim aumentando minha satisfação pessoal .
Ficando satisfeita comigo mesma , sinto meu ego "inflar " ( no bom sentido , claro .)



https://chicabrincadepoesia.blogspot.com/https://chicabrincadepoesia.blogspot.com/




 A imagem de hoje é bem sugestiva . 


Os encantos do sítio 

Quão livre se  sente essa criança longe do corre corre da cidade grande!  
 Longe das buzinas e do trânsito ininterrupto , sempre preso às mãos dos pais ,como um cãozinho na coleira , sem liberdade para correr  livremente num espaço que possa ser considerado apenas  seu .

 Um espaço grande o suficiente , com um gramado verde a perder de vista e tendo como teto o céu azul com o sol a brilhar .
Dos lados o verde irresistível , de som apenas o cri cri dos grilos , o gorjear dos passarinhos , o cacarejar da galinha e quem sabe mais ao longe o som de uma cascata a cantarolar suavemente no gotejar de suas águas .

 Oh, liberdade ! Liberdade desejada inconscientemente e que de repente como num conto de fadas pode se tornar real .

Que bom poder o ar puro respirar , correr até se cansar , sem semáforos  a lhe barrar , sem o medo a lhe espreitar ...

Os olhinhos brilhando , os passinhos apressados no encalço de uma galinha movido pela curiosidade infantil própria de sua idade . 

Quantas horas poderia ali passar , de tudo se inteirar e quem sabe mais tarde até as galinhas alimentar .

**********

Assim acontece com Maria Eduarda quando vai ao sítio. De tudo quer experimentar um pouco . Monta o pequeno cavalinho como uma "grande" amazona ,  visita o mandiocal , dá uma geral na horta e depois corre apressada as galinhas alimentar .







 Esta foi minha participação . Clique aqui e veja a participação de amigos . E , que tal , participar também ?


Abraços 
Edite 

quarta-feira, 1 de maio de 2019

Maio Chegou ....


Abri os olhos e...de repente Maio estava lá anunciando promessas!
 Puxa ! Quinto mês do ano , quase metade do ano ! O tempo é mesmo assombroso . Vai escoando aos poucos  e de repente acabou-se a areia na ampulheta !

Mês de maio é sempre um mês muito alegre e festivo . 
Chega logo de início lembrando  o dia do Trabalhador  com celebrações festivas  e também manifestações . Umas pacíficas , outras nem tanto , mas todas a nos indicar que uma nova cultura começa quando trabalhador e trabalho são tratados com respeito , justiça e salários dignos .

Maio é por excelência o "mês das mulheres ":  mães , noivas , flores, moda  e toda essa beleza relacionada ao mundo feminino .

 Um mês agradável com manhãs e tardes mais frescas , dias de sol cálido e confortável , céu quase sempre azul trazendo consigo a passarada e borboletas a gorjear nos campos repletos de flores silvestres .

Uma atenção especial para Maria , mãe das mães , Maria , mãe de Jesus que a todos nós conduz , a qual veneramos e a exaltamos no seu andor florido adentrando pela  Igreja.  

Em procissão ,
seguida pelos devotos,
 entoando cantos de fé 
 velas simbolizando luz ,
 flores símbolo do amor
 a traduzir brotos 
fecundos em seu jardim,
 lá vai Maria a nos entregar
 nos braços de seu Filho Jesus  
Santa Mãe de Deus 
 acompanha-nos com tua proteção 
 enquanto te brindamos 
com uma singela  oração 
que brota de nosso coração

edite

Que o mês de maio traga o clima agradável do outono para você. Com ventos que soprem otimismo e um calor leve que amorne seu coração.

****************************************************************
HOMENAGEM PÓSTUMA



Em meio à alegria vindoura do mês , o povo foi também surpreendido com a morte de Beth Carvalho,  "a madrinha do Samba "

Familiares , amigos e fãs choram a morte da cantora .  A tristeza e a saudade são fatos compreendidos e respeitados , mas fica-nos o legado de sua colaboração no mundo do samba , tão masculino , mas que teve seu tabu quebrado por mulheres guerreiras a lutar contra esse preconceito, encabeçadas pela cantora  :



Citações de Beth Carvalho


"O mundo, não só o samba, é machista. Melhorou bastante devido à luta das mulheres, mas a cada cinco minutos uma mulher apanha no Brasil. É um absurdo. Parece que está tudo bem, mas não é bem assim. Sempre fui ligada a movimentos libertários."



O povo é uma coisa, o governo é outra. O povo é sempre bom em qualquer lugar do mundo. Os governos é que são terríveis. 



A cada cem anos você tem um Pixinguinha, um Cartola, um Vinicius de Moraes... A mesma coisa na liderança política.



descanse em paz