segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

Alexandre Garcia: Nelson mandela uniu . Um herói e um exemplo para nós



"Um herói e um exemplo para nós', diz Alexandre Garcia sobre Mandela

Comentarista esteve na África do Sul durante o apartheid e depois durante o governo de Mandela. 'Mandela fez todos se sentirem sul-africanos', diz.







Estive um bom tempo na África do Sul em 1982, durante o apartheid, e depois em 1998, na presidência de Mandela. Em tempos de Guerra Fria, a África do Sul foi trunfo no confronto, por causa da importância estratégica da rota do Cabo da Boa Esperança.

Quando acabou a Guerra Fria abriu-se o caminho para a mudança. Veio Mandela e fez o milagre de unir negros que eram rivais entre si. Mandela era um khosa, minoria, e os zulus, que eram maioria, tinham um rei, Buthelezi.

Ele conseguiu também unir brancos rivais, descendentes de holandeses e descendentes de ingleses. Conseguiu atrair para a refundação da África do Sul os descendentes de indianos e de portugueses. Juntou minorias e maioria.

Usou as décadas de prisão para pensar no seu país e saiu sem mágoas, sem rancores, sem amargor, sem desejo de vingança, de revanche. E esse espírito salvou o país.

Nisso, nos deixa uma lição: de que não se separa, não se faz apartheid, pela cor da pele ou por interesses de grupos, de regiões, mas se une, se congrega, por amor ao país.

Mandela uniu, fez todos se sentirem sul-africanos. Uma lição para nós, de pacificação, de solidariedade, de nacionalidade. Mereceu o Nobel da Paz. Um herói e um exemplo também para nós.

fonte

3 comentários:

  1. Estive lá “um bom tempo em 1982” -- Qto tempo é um bom tempo particularmente dentro do contexto da matéria? 3 meses? 5 meses? 9 meses? Uma boa reportagem requer precisão naquilo que informa.

    O que não se diz é que Mandela veio de uma tribo cujo pai era o chefe; assim, Mandela foi criado com o espírito de liderança. Mandela formou-se em Direito; portanto, um homem de estudo. Há tanto mais que se falar sobre Mandela para que o homem que ele foi possa realmente servir como exemplo para nós cá de fora. Discursos assim “en passant” não mudam nada… apenas arrancam efêmeros apalusos dos facilmente levados pela mídia. Alexandre Garcia tem de fazer melhor…
    Paz

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim Paz. Sua ressalva merece atenção. Talvez a questão "tempo" tenha sido o motivo do vídeo expor sobre Mandela de forma tão resumida. Mas , em outro momento, tb num programa jornalístico a emissora deu todos os detalhes da vida de Mandela detalhando todos esses pormenores que vc citou e talvez algo mais. E até que se cumpra todos os rituais para o funeral, muito ainda se falará. Este vídeo foi postado logo no dia da morte de Mandela e o assunto foi sendo pormenorizado aos poucos. Obrigada pela sua colaboração. Sempre atenta a detalhes importantes. Abcs.

      Excluir
    2. Olá Paz, lembra-se q te falei que tb já escrevi sobre o sol ? Revirando meus arquivos encontrei o texto. Tem belas fotos lá. Talvez vc tenha perdido.
      Fique à vontade para conferir aqui :
      http://kantinhodaedite.blogspot.com.br/2013/08/admirando-o-sol-nascente.html

      Excluir