terça-feira, 29 de abril de 2014

O caso Bernardo Boldrini



Bernardo Boldrini , um rostinho que parecia feliz...
Quanta angústia, insegurança e medo deve ter passado essa criança.
É raro uma criança se apresentar sozinha em um fórum para prestar queixa contra o abandono afetivo do pai e a implicância da madrasta.
Para chegar a esse extremo, , devia estar no seu limite.
Bernardo, com 11 anos de idade, criança esperta de classe média alta já tinha discernimento suficiente para identificar se estava sendo ou não bem tratado . Sabia distinguir acolhimento de abandono. Haja visto que tivera anteriormente um bom convívio com a mãe, antes de seu suicídio. Assim também como convivia bem com a avó e outras pessoas da cidade. Pelas informações grande maioria dos moradores de Três Passos já identificara seu abandono e carência afetiva que procurava compensar em casa de amigos da escola.
A escola tem relatos de sua mudança de comportamento . Bernardo se mostrava indisciplinado em sala de aula, negava-se a fazer as atividades e negligente com os deveres de casa. Atitude de criança que procura chamar a atenção de forma negativa, com indisciplina, desobediência e atitudes agressivas. 
Mas fora da sala de aula Bernardo se mostrava gentil e educado. Todos na cidade relatam boas relações com Bernardo
A Igreja notou a ausência dos pais na formação catequética da criança. A própria catequista ajudou Bernardo na preparação da documentação necessária para sua 1ª Eucaristia, na qual o pai não compareceu.
Bernardo, uma criança que manifestou desejo de morar com outra família preterindo a sua...

Quanta angústia! Quanto desafeto! Quanto abandono!
Como deve ter sofrido essa criança!
Indefesa nas mãos de seus algozes...
Teria sofrido em seus últimos momentos? Teria percebido o que o esperava?
Teria tentado se desvencilhar?
Ou se entregou dócil como um cordeiro que vai para o sacrifício?
Monstruosidade! Covardia !
Não tenho palavras para definir tal comportamento desumano
Apenas indignação, revolta... 
 Compartilho a dor dos familiares e amigos que o queriam bem...

***********************************************************************
Bernardo Boldrini desapareceu de casa no dia 4 de abril. Após dez dias seu corpo foi encontrado dentro de um saco plástico, enterrado em uma cova rasa à beira de um rio em Frederico Westphalen cidade próxima de Três Passos, Rio Grande do Sul
Leandro Boldrini, o pai, a madrasta Graciele Ugolini e a amiga do casal Edelvânia Wirganovicz são os principais suspeitos e já se encontram presos, aguardando julgamento após a conclusão do caso. 
 ¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨
Leia sobre o caso completo clicando nos links:
 




11 comentários:

  1. Oi Edite,
    Eu assisti o documentário pela televisão. Uma criança tem que ser amada. Eu não tive filhos e adotei um com 10 dias, hoje um crioulo lindo dos olhos verdes, muito estudado, bom emprego. Teve desilusão amorosa e, hoje com 31 anos diz que não quer se casar, espero que o tempo mude o seu modo de pensar, do contrário vai ficar só no mundo.
    É um tesouro de filho.
    Vi suas instruções e vou entrar no site.
    Os tempos mudaram, mas ainda curto as minhas raízes.
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Dorli, Bonito gesto o seu. Acolher uma criança que estava sem lar.Exemplo a ser imitado. Vejo sempre reportagens na TV falando dessa dificuldade das crs maiores acharem quem lhes acolha. . Razão pela qual seu gesto se torna muito mais admirável. Qe Deus proteja a vc e seu filho. Abcs

      Excluir
  2. Oi Edite querida


    Essa história dá mesmo uma angústia no peito...


    Beijos
    Ani

    Obs. Muitas vezes não consigo comentar em seu blog, devido a verificação de palavras.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Verificação de palavras?" Seria o código? mas eu não o utilizo. Não entendo o q está acontecendo. Abcs

      Excluir
  3. Oi Edite,
    a cada dia que passa, podemos ver o amor esfriando no mundo...
    o caso do lindo menino Bernardo, muito me entristeceu.
    Ele foi negligenciado e morto, por quem deveria amá-lo e protegê-lo,
    Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem Falado Clau. Vemos a maldade se aalstraar a cada dia mais. As pessoas perderam a compaixão eo respeito à vida. É tudo pela ganância e amor próprio, infelizmente. É como se diz por aí: "Quem pode mais chora menos"
      E o menino Bernardo foi brilhar lá no céu,impossibilitado pela maldade de traçar seus caminhos na terra.Abcs

      Excluir
  4. Muito triste isso, Edite! E quantos outros "Bernardos" existem por aí? Bjks Tetê

    ResponderExcluir
  5. Infelizmente, Tetê, temos assistido a tantos atos ass9m desumanos. Com certeza devem existir muitos outros casos dos quais não tomamos conhecimento. Que Deus tenha Bernardo bem pero de si e dos anjos. Bjs.

    ResponderExcluir
  6. Olá, tudo bem? O menino foi até ao Juizado para não morar com o pai. E o que fez a Justiça brasileira? Nada... Grave.... Bjs, Fabio www.fabiotv.zip.net

    ResponderExcluir
  7. ESSA HISTORIA DO MENINO LINDO DE TUDO, POIS ELE TINHA UM BOM CORAÇÃO, QUE BERNARDO HOJE ESTAR SENDO MUITO AMADO, AO LADO DE SUA MAE, E AQUI NA TERRA POR TODOS QUE TE AMAM E REZAM POR TI. TODOS ESPERAMOS QUE SEJA FEITA JUSTIÇA QUE ESSAS PESSOAS PASSEM MUITO, MAIS MUITO TEMPO PRESAS.

    ResponderExcluir
  8. Nunca irei me comformar com o que fizeram com o Bernardo. Que a justiça seja feita

    ResponderExcluir