quinta-feira, 24 de abril de 2014

Saborear a vida


Saborear a Vida “ é um livro que deveríamos ter e sempre que puder, retornar a ele e “saborear” suas belas mensagens
Pe. Léo scj, sacerdote da Comunidade Canção Nova, faleceu em janeiro de 2004 e deixou um grande legado em obras publicadas pela Canção Nova e editora Loyola.

Pe. Léo nos deixou também um acervo espiritual muito grande em seus livros e palestras, tratando sobretudo da restauração da pessoa humana, pela cura interior e pela restauração da família. Na Comunidade Bethânia era um incansável pregador de retiros para casais e para jovens; sabia atingir muito bem o coração de todos com uma pedagogia especial, com alegria e profundidade. ( Prof Felipe Aquino)

No livro acima citado, Padre Léo nos revela de maneira simples, com palavreado fácil e atraente que o segredo para uma vida intensa e produtiva é transformar tudo o que nos acontece em um aprendizado.
Viver é caminhar, diz ele. Isso significa que o caminho em si é absolutamente importante. É preciso senti-lo, apreciá-lo, saboreá-lo, degustá-lo, contemplando cada passo como um elemento importante na realização de sua meta".
Vivemos num mundo onde somos assolados diariamente por novidades tecnológicas, onde tudo nos leva a crer que adquirir cada vez mais coisas nos trará a felicidade. Há urgência em tudo que fazemos. O mercado a cada dia mais competitivo.
 Diante de nossa fragilidade , nossos defeitos e nosso egoísmo o mundo parece querer nos corromper. Deparamos com problemas que nos tiram a paz interior. E acabamos por mergulhar num vazio existencial. Atolados em nossos problemas, voltados para nossas dificuldades e anseios difíceis de alcançar, acabamos por não saborear a vida como ela é.
A vida não é feita somente de coisas alegres. Sempre há os dissabores.. É preciso saber dar o devido valor às coisas, usar de serenidade e equilíbrio em situações que parecem fugir do controle.
E aqui dá uma definição que me chamou a atenção: “ Equilibrado não é uma pessoa que nunca se altera. Equilibrado é uma pessoa que sabe voltar ao normal depois de se alterar. Pondera, auto avalia-se , mantém-se coerente e tem humildade suficiente para voltar ao ponto de partida. Consegue não agir pelo ímpeto de um momento de raiva ou euforia”
Bem, mas esse livro é muito rico de boas orientações. Lê-lo é como se estivéssemos batendo um papo carinhoso com o autor.
Há que o considere de autoajuda , mas eu o considero de boas e úteis reflexões.


Uma leitura que vale a pena conferir!

8 comentários:

  1. Leitura que acrescenta essa! Vale assim! Ótima dica! beijos,tudo de bom,lindo dia! chica

    ResponderExcluir
  2. Olá, tudo bem? Eu tenho a Canção Nova na NET, mas raramente assisto. Dei uma zapeada na TV Aparecida por causa da Claudete Troiano. Gosto mais da Rede Vida. Bjs, Fabio www.fabiotv.zip.net

    ResponderExcluir
  3. Oi Edite
    Você escreve como se estivéssemos conversando frente a frente, de uma maciez impressionante e é consciente nas suas convicções: se você diz que o livro é bom, eu gosto de ler e pergunto: onde comprá-lo?
    Uma linda noite
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  4. Oi Edite, fiquei curiosa para ler!
    Tenha uma ótima semana, beijos!!

    ResponderExcluir
  5. Oi Edite: é um livro pra se ter sempre à mão! Ótima dica de leitura! Bjks e uma semana abençoada! Tetê

    ResponderExcluir
  6. Oi Edite! Gostei muito da definição de equilíbrio. Isso mesmo, é preciso saber voltar à origem. Beijo e ótima semana!

    ResponderExcluir
  7. Boa dica de leitura, Edith.
    Abração.

    ResponderExcluir
  8. Deve ser um livro excelente! Gosto de aprender sempre e acredito que a vida é mesmo um eterno aprendizado. bjs,

    ResponderExcluir