segunda-feira, 17 de agosto de 2015

Fazendo a diferença !



No último sábado , um quadro do programa “caldeirão DO Huck" chamou minha atenção .
 Dona Adaltiva foi homenageada pelo grande trabalho humanitário que desenvolve em Icem , São Paulo, há 35 anos .
 O que chama a atenção é a idade de dona Adaltiva, que aos 89 anos ainda encontra forças e entusiasmo  nesta sua longa jornada de ajuda ao próximo.



Entusiasta da causa , dona Adaltiva busca a ajuda de colaboradores e vai confeccionando enxovais de recém nascidos para receber os novos bebês das  futuras mamães carentes do pequeno município.
Segundo testemunho da filha , dona Adaltiva já deve ter distribuído nestes 35 anos de doação , cerca de cinco mil kits de enxovais para recém-nascidos .

Tendo em vista que  a população do município gira em torno de 7.000 habitantes , pode-se dizer que dona Adaltiva recepcionou quase todos os mais jovens de Icem cujas mães se encontravam em situação vulnerável.

O trabalho de Dona Adaltiva é sem dúvida exemplar e digno de reconhecimento . Num país de tanta desigualdade social e ausência de políticas públicas que atendam a essa população carente ,não só de forma assistencialista mas, motivando-as a fazer parte de projetos públicos que as ensinem a se valorizar e buscar o próprio recurso para aquisição de seu próprio sustento , a população intervém da maneira que considerar conveniente.

Não que eu seja contrária a projetos sociais de assistência imediata como a “Colmeia” de Dona Adaltiva  . E “tiro meu chapéu” para ela ! Assim tivéssemos espalhadas pelo Brasil ou no mundo todo “muitas Adaltivas”, que apesar da idade já um pouco adiantada esquecem-se das próprias dores em favor o próximo.

Mas não posso deixar de notar aqui a ausência do poder público que poderia atuar de forma a  favorecer  políticas públicas de inclusão dessas mães em projetos construtivos de valorização pessoal , aprendizado e informações .
 Dias atrás , fui convidada a fazer parte de um desses projetos aqui  em meu município.

Reiniciando os trabalhos com a ‘Pastoral da Criança” , além de todo trabalho de informação e orientação a gestantes , pretende-se implantar também um programa de ajuda às futuras mamães na confecção própria do enxovalzinho de seu bebê.

Serão orientações simples e básicas como acabamento em fraldas , pintura , crochê, bordado  e tudo mais que possamos oferecer a elas com cuidado e carinho, devolvendo-lhes a auto estima através do prazer de sentir-se úteis  capazes  e produtivas.
O que se pretende é “ensiná-las a pescar e não dar o peixe pronto “!

E volto a dizer : ‘Dona Adaltiva é gente que faz !”

5 comentários:

  1. Assisti também e tiro o chapéu igualmente! Tomara mais e mais delas! Vale muito! bjs, chica

    ResponderExcluir
  2. Não assisti, mas com certeza é de suma importância para a população acarente trabalhos sociais como este. Já que o governo não faz, tem as pessoas caridosas que fazem sua parte ajudando o próximo, com Jesus nos ensinou.
    Nely

    ResponderExcluir
  3. Olá, querida Edite
    Mais de 15 dias sem net, fiquei com saudade de visitar os amigos... pane na região daqui, um caos!
    Também tem aqui a Pastoral ensina-me a pescar! Como seria bom se o governo cuidasse do que lhe compete...
    Bjm fraterno

    ResponderExcluir
  4. Olá, querida Edite
    Mais de 15 dias sem net, fiquei com saudade de visitar os amigos... pane na região daqui, um caos!
    Também tem aqui a Pastoral ensina-me a pescar! Como seria bom se o governo cuidasse do que lhe compete...
    Bjm fraterno

    ResponderExcluir
  5. Olá, tudo bem? Eu lembro que antes do Jornal Nacional, aos sábados, era exibido um quadro patrocinado por um banco com o título "Gente que faz"....Raramente acompanho o Caldeirão do Huck.... Bjs, Fabio www.fabiotv.zip.net

    ResponderExcluir