sexta-feira, 1 de novembro de 2013

Gente que faz...



Esta é Tuanny, um rosto comum perdido entre tantos outros .
Mas Tuanny é especial: 19 anos de muita determinação e vontade de transformar não só sua realidade de criança pobre moradora do Complexo do Alemão, favela do Rio de Janeiro . Tuanny sonha alto. Quer dar uma oportunidade também às crianças de sua comunidade.

Ex-bailarina, precisou abandonar a dança profissional para trabalhar.
A realidade no morro é dura. É preciso coragem, determinação e muita disciplina para levar avante seu projeto de dança  “na ponta dos pés”.
Na “ponta dos pés” é um projeto onde Tuanny apesar do compromisso com o trabalho, arranja tempo para ensinar gratuitamente  às crianças de sua comunidade o balé clássico.
Tudo acontece num local improvisado, oferecido pela associação de moradores.
 
assim elas ensaiam: pés descalços e malhas improvisadas
Um ambiente completamente inadequado onde falta o essencial para que os ensaios aconteçam de forma mais apropriada. Inclusive roupas apropriadas. 
A sapatilha, parte essencial do vestuário  para uma boa performance , é um sonho alto demais para elas.
Mas Tuanny não desiste. Muito menos as alunas que embaladas no sonho da professora seguem equilibrando-se na ponta dos pés descalços e sonhando alto...
 
assim elas se apresentaram no programa "encontro": pés descalços, malhas improvisadas
O balé significa para elas a oportunidade de conhecer novos horizontes além da comunidade pobre onde moram.
Tuanny já sentiu esse gostinho. Representou a Vila Olímpica do Alemão em turnê na Suíça. E leva suas pequenas a com ela sonhar....
O projeto começou com 7 meninas. Hoje já são 50, de 4 a 15 anos.

Depois da apresentação no programa “Encontro” com Fátima Bernardes na última segunda feira 28 de outubro,  algumas pessoas se sensibilizaram e resolveram ajudar. Foram doados sapatilhas, collants, redinhas para o cabelo, meias, enfim, um uniforme completo veio coroar uma parte do sonho dessas meninas tão determinadas.
Também fez parte das doações um valor para reforma do salão onde ensaiam e uma bolsa de estudos para Tuanny voltar a estudar e completar sua formação em dança clássica.
assim elas ficaram lindamente uniformizadas , após a doação.

Anna Botafogo fez parte dessas doações e virou madrinha do grupo.
Bem, com uma madrinha como Anna Botafogo, acredito que esse grupo só tende a crescer.
"Pode ser que nem todas se tornem de fato bailarinas profissionais, mas levarão essa experiência pela vida. . Independente da carreira que seguirem , sem dúvida, essa experiência abrirá novos horizontes para elas e levarão para a vida um grande aprendizado", diz Anna Botafogo

Como disse Thuanny, “não é só ensinar a dança, mas ajudar também na

formação da personalidade, é ajudá-las a acreditar no seu potencial, a acreditar no amanhã.

Tuanny é gente que faz...


Quer ver o vídeo com a dança das meninas? Clique no link abaixo.



Aqui, Tuanny faz um breve relato de sua trajetória com o projeto "Na ponta dos pés"



Nenhum comentário:

Postar um comentário