sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

Resenha do livro : "DORMINDO COM O INIMIGO"

DORMINDO COM O INIMIGO _ RESENHA


O LIVRO

Dormindo com o Inimigo , autor Roberto Bo Goldkorn é um livro que li há algum tempo atrás , o qual achei bastante interessante visto o assunto de que trata . “Dormindo com o Inimigo", um verdadeiro alerta aos apaixonados desprevenidos que entram num relacionamento muitas vezes de olhos vendados . Ignoram certos sinais de comportamento do parceiro  , e, assim vão seguindo seu relacionamento , ignorando sinais , posturas , atitudes até que um dia a máscara toda cai e o amor acaba se tornando um verdadeiro caso de terror.
Roberto usa sua experiência profissional de 20 longos anos lidando com esses casos , em seu consultório de orientador pessoal. A experiência lhe mostrou que nem sempre é seguro mergulhar de olhos vendados num relacionamento . 
O pior inimigo pode ser aquela pessoa em que mais confiamos . Pior , “dormimos com ela “

O entusiasmo de uma paixão pode acabar num barco furado de frustração , muitas vezes sem volta.

A vida imita a arte
Bem , o que me fez retornar à leitura do livro foi um certo caso acontecido há alguns meses em Botafogo ,Rio de Janeiro. 
Estava eu a ouvir o noticiário da tarde quando uma notícia me chamou a atenção : “Advogado empurra a namorada grávida em frente a um ônibus , com o intuito de matá-la” .

Como nos dias de hoje somos vigiados constantemente por câmeras fotográficas localizadas em pontos estratégicos nas cidades , o rapaz se deu mal . Foi pego em flagrante .
O vídeo é chocante ! Fingindo que a levaria para casa , marcou encontro com ela no metrô e se ofereceu para acompanhá-la . Assim que a oportunidade apareceu , não pensou duas vezes , colocando friamente em prática o crime que com certeza já havia planejado .
O motivo ??? Estava de viagem marcada . Ia fazer um intercâmbio e um filho só atrapalharia !


Aí então a gente pensa : Que tipo de relacionamento tinha o casal ? Será que não foi possível em nenhum momento perceber o desinteresse do rapaz em relação a ela ? 
Onde fica o amor próprio , o respeito , o orgulho ferido , a auto estima ?
E quanto a ele , o que o levou a manter um relacionamento que não tinha futuro ? A covardia ,a vaidade , o ego insuflado … o desrespeito com o próximo , descaso com a nova vida gerada que o leva a praticar o abuso de vulnerável …Aliás , o namoro já havia terminado com a notícia da gravidez e a “recomendação amorosa “dele que ela fizesse um aborto . O filho iria atrapalhar seu brilhante futuro , como ele deixou bem claro .

Conclusão …
.Ao ler o livro novamente percebo o quanto os apaixonados , os dependentes de afetos são vulneráveis e propensos a se envolver com tal tipo de pessoas . Os casos verídicos , relatados no livro pelo autor me faz ver o quanto a carência afetiva , o medo de investir no novo , a insegurança quanto a mudanças, o amor excessivo que acreditam ter pela pessoa , falam sempre mais alto . 

Estão sempre dispostos a dar uma nova chance , a acreditar que aquele embate pode acabar se ele ou ela tiver paciência , acreditam piamente que um dia a mudança acontecerá .

O fato é que ninguém traz uma tarja na testa que o identifique como amigo ou inimigo , príncipe ou algoz . Nossa percepção é quem dirá .

E muitas vezes acabamos por nos enganar e nem percebemos quando foi que o príncipe se transformou em um algoz capaz da mais temíveis atrocidades, ferindo aquela que antes foi escolhida como sua “princesa” para ser amada e respeitada.
Roberto Bo Goldkorn

Vale a pena ler o livro , que não contem receitas prontas , mas que coloca o leitor em alerta quanto às possíveis deformações de personalidades que encontramos no dia a dia e a cegueira que acaba por tomar conta de pessoas incautas, levando por vezes  a desfechos trágicos.


5 comentários:

  1. Olá, tudo bem? Eu acredito que assisti ao filme.... Bjs, Fabio www.tvfabio.zip.net

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. isso , Fábio ! Também vi o filme com a Júlia Roberts no papel principal . Mas o livro "Dormindo com o Inimigo " do qual falei não é a história do filme . Alíás , foi escrito depois do filme e o autor até faz uma alusão ao filme com Júlia Roberts. Este livro é mais um resultado das experiências do autor em consultório , das conferências e orientações de casos que teve conhecimento e participação . Obrigada pela visita.

      Excluir
  2. Assisti o filme já faz algum tempo. O livro deve ser muito bom, pois sempre traz mais detalhes. Super-reflexivo, não é?!
    Um abraço e uma ótima semana...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Imagino que seja um livro bem interessante, Edite. A alma, a personalidade e os seus muitos mistérios, complexidades.

      Excluir
    2. Vale a pena conferir , Anete . Realmente mostra as várias facetas da personalidade humana .

      Excluir