sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Gente que faz a diferença

Ontem foi a assistente social Luciana Calaça, quem me emocionou ao mostrar sua dedicação e altruísmo no cuidado com crianças e idosos de várias instituições.
Hoje Alcione de Albanesi veio completar a carga de emoções ao mostrar seu trabalho na ONG “Amigos do Bem”.
Eu já havia ouvido falar sobre essa ONG, mas muito superficialmente.
Hoje ao ver o trabalho na íntegra, mostrado pela manhã no programa “Encontro”, pude comprovar a profundidade e seriedade do mesmo.
Não satisfeita fui buscar na net mais informações sobre o projeto.
O Público alvo são Comunidades do Sertão Nordestino em situação de vulnerabilidade e exclusão social em decorrência das condições de absoluta miséria em que vivem.
Claro que são muitos os desafios e as dificuldades , mas partem da premissa de que todo ser humano é capaz de desenvolver-se plenamente, desde que lhe sejam oferecidos os recursos e as condições favoráveis para tanto. Acreditam na capacidade de mobilização e na força do povo do Sertão Nordestino que, mesmo em condições adversas, vive com determinação e esperança.
Segundo informações, o projeto começou tímido, em 1993, levando apenas alimentos, brinquedos e roupas por ocasião do Natal.
Durante 10 anos preocuparam-se mais com o assistencialismo paternal. Mas com o passar dos anos diante do cenário de fome e miséria que encontravam ano a ano, sentiram a necessidade de fazer ainda mais. Não bastava “dar o peixe”. Era preciso “ensinar a pescar”
Em 2002, iniciaram o “Projeto de Transformação de vidas” através de educação, moradia e trabalho.
As experiências que vivenciamos em todos esses anos produziram em nós modificações profundas e ampliaram nosso modo de ver e sentir o mundo”, disse a presidente Alcione Albanesi.
Não é preciso dizer mais nada. Basta que vejam o vídeo e então poderão comprovar a alegria de ver chegar a água no rústico e árido sertão, a felicidade com a moradia digna, a chegada da luz elétrica, o banho de chuveiro, crianças na escola e com acesso à saúde, a promoção e valorização do trabalho. Todos “pequenos luxos” que desfrutamos e nem nos damos conta...

Se não posso fazer tudo que devo, devo ao menos, fazer tudo que posso”,   este é o lema dos amigos do bem.

Todas essas informações e muito mais se encontram no link:
www.amigosdobem.org

E vejam o vídeo no post abaixo.
Vale a pena conferir!

Apenas mais uma pequena pequena reflexão: "Se pessoas comuns do povo, com sua boa vontade, determinação e planejamento conseguem, porque não vemos esse exemplo vindo do alto escalão das autoridades maiores?


4 comentários:

  1. Edite, sua cirurgia te deixou 100% como antes? Pergunto porque passei por uma e como tá difícl.
    um abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hilda, minha amiga. Demorou um tempo. Fui ter totalmente a desenvoltura para andadr depois de quase um ano. É preciso ter muita paciência. Mas devagar você conseguirá. Não sei bem qual o seu caso, mas no que puder ajudar , conte comigo. Sei como é difícil. Às vezes desnimamos mesmo. Mas vá com calma e vc também conseguirá uma boa recuperação. Abraços.

      Excluir
  2. Oi Edite, Vim retribuir a sua visita e adorei oque encontre seu kantinho é ótimo parabéns!!!
    Agora estou indo no outro vou te seguir lá tbem. bjss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Angélica. obrigada pela visita e pelo carinho. Volte sempre!

      Excluir