quinta-feira, 30 de maio de 2013

O que dizer a uma mãe que perdeu o filho?



De longe eu a avistei.
Aproximei-me . Era impossível não perceber seu olhar sombrio, o semblante triste.. . Sorrisos vertidos em lágrimas...
Há quanto tempo ele já se foi? Poucos meses? Há um ano ou mais?
Não importa. A dor ainda está ali, latente , realidade difícil de aceitar.
Por algum tempo ela o teve por perto. Viu-o crescer, tomar rumos diferenciados. Protegeu-o. Acalentou seus sonhos... Mas, repentinamente o “presente “ lhe é tirado.
Assim, sem aviso, sem questionamentos...
Só restaram as lembranças... fotos...objetos pessoais... a visita diária a seu quarto, como num ritual...
Para atenuar a dor, a fé é grande companheira. É preciso acreditar em algo maior. É consolador saber que um dia se encontrarão...
É preciso buscar forças dentro de si. Forças que julgava não existir. Transformar lágrimas em sorrisos. Buscar consolo em algo maior e no amor de familiares e amigos.
A dor de uma mãe que perdeu o filho não sei mensurar. Posso imaginar, mas a intensidade e profundidade da mesma só a sabe quem por ela passa.
Que dizer a uma mãe que perdeu o filho? 
Não encontro palavras de consolo. Num gesto de solidariedade com sua dor, eu a abraço.
No meu abraço tento passar conforto. Um desejo intenso de que com o passar do tempo a dor vá se dissipando. As orações lhe tragam conforto e as emoções deem lugar à paz!
 Uma mãe jamais pensa que um dia vai enterrar o filho! 
Uma mãe nunca esquece o filho que partiu cedo demais
Mas, que reste uma saudade suave. Lembranças boas do pouco tempo em que puderam dividir não só alegrias, mas também dificuldades.
Só tem saudades quem bons momentos viveu ao lado do ente querido!
Então que, futuramente, sua vida seja de saudades e não de tristezas!
Uma saudade suave, acalentadora...

Poderá também gostar de:

11 comentários:

  1. Olá,Edite!!

    Que lindo e comovente post fizeste.
    Penso que não há uma mãe que não tenha medo destes momentos...mas fazem parte da vida.
    Nada fácil...Mas...
    O final com o texto do Saramago ficou perfeito!
    Bem verdadeiro!

    Beijos e meu carinho pra ti!

    ResponderExcluir
  2. Saramago não teve filhos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paz, veja a resposta para sua dúvida no próximo post: "Compromisso com o leitor"
      Abcs

      Excluir
  3. Não sabemos mesmo como consolar. Deve ser horrorosa essa dor. Pena! beijos, obrigada pelo carinho,chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Chica, que bom tê-la de volta. espero que tenha curtido bastante o "filhão"
      Bfds

      Excluir
  4. É a pior dor do mundo.O meu anjinho se foi aos 9 anos.Passei por várias fases revolta,depressão,vazio,saudade,angústia,dor,medo.... É um misto de sentimentos que vai e volta.Hoje a certeza que tenho é que um dia vamos nos encontrar e essa esperança que me faz prosseguir

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sinto muito por vc,. Como eu disse, não há o que dizer nesses momentos de dor.. Prestamos nossa solidariedade, imaginamos e até sentimos . Mas a dor em sua profundidade só quem passa é quem sabe. Escrevi o texto, ao me deparar com uma amiga que acabara de perder o filho . Uma dor inigualável... não sei o que dizer ... Bjs Deus a console.

      Excluir
  5. Eu sou mãe tenho 34 anos Deus me presenteou com meu Edu mais depois de seus 11 aninhos Deus resgatou ele,Meu senhor que dor é esta machuca,me da um calor de desespero,saudades,ensinei ele tantas coisas ele gostava de quando eu falava da minha infância,sorria que rolava........Da noite para o dia meu Edu se foiiiii.

    ResponderExcluir
  6. Deus e sua enorme sabedoria, tem algo reservado para cada um de nós, muitas das vezes não entendemos os planos de Deus em nossas vidas, nunca perca a sua fé, pois perdi também a 6 meses minha filha de apenas 6 anos, e o meu grande conforto e a certeza que minha princesa está do lado do senhor Jesus.
    Agradeço a Deus por ele ter me dado a missão de cuidar da Ana, me sinto orgulhoso de ser o pai de uma menina que com tanto pouco tempo de vida, ensinou muitas coisas a muitas pessoas.
    Nunca perca a sua Fé em Deus, pois ele olha por cada um de nós!

    ResponderExcluir
  7. Edite, belíssimo post. Tema terrível em que tanto ainda fica por dizer.
    Em relação a um comentário colocado, que se esclareça que José Saramago teve uma filha: Violante ;)

    bj

    ResponderExcluir
  8. Sim, Carmem, tb me informei e é sabido de sua filha Violante . Já informei à leitora acima . Mesmo assim, obrigada pela confirmação da informação. Abcs

    ResponderExcluir