Powered By Blogger

sábado, 11 de setembro de 2021

Nem tudo na vida são flores

Nem tudo na vida são flores . Mas se tiver regue-as .

Em caso de espinhos aprenda que esses machucam

mas também podem ensinar a curar.

Muitos são os espinhos que poderão nos machucar no caminhar da vida .

Mas é também nos ferindo que aprendemos a nos proteger .

É graças a eles que crescemos , amadurecemos e podemos sair vencedores .

Ao percebermos os espinhos , vamos com mais cautela.

Na presença deles vamos aprendendo onde nos apoiar na vida .

Façamos a nossa parte .

Sigamos com confiança de que o Senhor nos ajudará a nos libertar de nossos espinhos de sofrimentos até o dia em que exalarmos o perfume da Ressurreição.


***********


REFLEXÃO:



Certa vez, um homem pediu a Deus uma flor e uma borboleta. Mas Deus lhe deu um cacto e uma lagarta. O homem ficou triste pois não entendeu o porquê do seu pedido vir errado. Daí pensou: também, com tanta gente para atender… E resolveu não questionar.

Passado algum tempo, o homem foi verificar o pedido que deixou esquecido. Para sua surpresa, do espinhoso e feio cacto havia nascido a mais bela das flores e a horrível lagarta transformou-se em uma belíssima borboleta.

Deus sempre age certo. O seu caminho é o melhor, mesmo que aos nossos olhos pareça estar dando tudo errado. Se você pediu a Deus uma coisa e recebeu outra, confie.

Tenha a certeza de que Ele sempre dá o que você precisa, no momento certo.

Nem sempre o que você deseja, é o que você precisa.

Como Ele nunca erra na entrega de seus pedidos, siga em frente sem murmurar ou duvidar. O espinho de hoje, será a flor de amanhã!

 ( desconheço a origem dessa reflexão)

*************



A vida requer cuidado. Os amores também. Flores e espinhos são belezas que se dão juntas. Não queira uma só, elas não sabem viver sozinhas…
Quem quiser levar a rosa para sua vida, terá de saber que com elas vão inúmeros espinhos. Não se preocupe, a beleza da rosa vale o incômodo dos espinhos…

******


https://kantinhodaedite.blogspot.com/2021/06/divagando-sobre-rosas.html



 

13 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Bom dia de domingo, querida amiga Edite!
    Eu sinto muita pena de quem fere com seus espinhos maldosos. Mais tarde, se ferirão neles mesmos e podem não cicatrizar.
    Já os feridos, têm sua consciência reta e, mesmo chorando de dor, receberão a Ressurreição, após sua Quaresma. Deus tudo vê e abençoa os humilhados.
    Tenha uma nova semana abençoada!
    Beijinhos com carinho de gratidão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá. Rosélia. A própria vida muitas vezes nos surpreende com espinhos que a princípio julgamos intransponíveis. Mas aos poucos vamos aprendendo a nos apoiar e nos ferir menos. Não desanimar porque após os espinhos chegamos a beleza da rosa.

      Excluir
  3. LIndo post e mensagem e bem dito: nem tudo são flores, mas se aparecerem, cuidemos delas e admiremos,sejamos por elas gratos! beijos, lindo domingo! chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Chica. Temos que valorizar o que de bom conquistamos. Vamos regar as flores e aprender a transpor espinhos.

      Excluir
  4. Não existem rosas sem espinhos. E não serão os espinhos que nos ajudam a compreender a beleza das suas pétalas?.
    .
    Um domingo feliz
    .
    Pensamentos e Devaneios Poéticos
    .

    ResponderExcluir
  5. Boa tarde Edite,
    Maravilhosas estas reflexões!
    Assim é a vida!
    Nas dificuldades aprendemos a sobreviver e a dar valor ao que aparentemente mais nos machuca.
    Um beijinho e uma boa semana.
    Ailime

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ailime. São pelos espinhos que aprendemos a buscar meios de ultrapassa- Los.

      Excluir
  6. Belo e reflexivo post, querida amiga!!! Por certo, quem ama rosas, há conviver com os espinhos, ser zeloso e cuidadoso, isso é Deus no ensinando.
    Beijinhos
    Valéria

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exato , Valéria. Não se pode chegar a rosa sem passar pelos espinhos.

      Excluir
  7. Olá, tudo bem? Quando eu vejo flores, lembro da minha mãe. Rs... Bjs, Fabio www.blogfabiotv.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Sua mãe deve ser uma pessoa sensível. Gostar de flores faz parte de personalidades sensíveis.

    ResponderExcluir